X
Polícia

Polícia Militar salva homem que seria morto por 'tribunal do crime' em Guarujá

Vítima de sequestro seria julgada em um imóvel localizado em uma comunidade na cidade

As drogas foram levadas até a Delegacia Sede de Guarujá. Os suspeitos ainda não foram localizados / Arquivo/DL


A Polícia Militar impediu a morte de um homem pelo "tribunal do crime", em Guarujá, na última segunda-feira (11). Ele foi sequestrado e mantido em um imóvel dentro de uma comunidade, onde seria queimado em pneus.

A operação, que contou com apoio da Força Tática da PM, recebeu uma denúncia de que um homem havia sido sequestrado e passaria pelo 'tribunal do crime'. O agentes procuraram pela comunidade e avistaram suspeitos fugindo de um 'barraco' em direção ao mangue. Na tentativa falha de seguir os suspeitos, os policiais ouviram a voz de uma homem em preces dentro de um imóvel. Ao adentrarem o local, os policiais constataram ser a vítima do sequestro. Junto a ele, estavam drogas e outros objetos usados pelos criminosos.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

Ao todo, a PM apreendeu 512 eppendorfes (pinos) de cocaína, 156 eppendorfes de crack, 39 envolucros de skank, 78 porções de maconha, 200g de cocaína a granel e dois galões de 40 litros de lança-perfume.

As drogas foram levadas até a Delegacia Sede de Guarujá, onde a ocorrência foi registrada. Os suspeitos ainda não foram localizados.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Saúde

Saúde ampliou condições especiais em contrato de entrega de vacinas infantis

Um contrato é para o armazenamento de vacinas da Pfizer contra a Covid-19, e o outro, para o transporte, ambos numa temperatura de -90ºC a -60ºC. O valor dos serviços é de R$ 62,2 milhões

Santos

Sindicato abre mais de 100 vagas em cursos gratuitos; confira

As aulas acontecem na sede do SINHORES, em Santos, com início previsto para 15 de fevereiro

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software