'Equipes são parecidas, mas Brasil sabe como é ganhar', diz técnico da Bélgica

Para ele, o que diferencia as duas equipes são os cinco títulos mundiais da seleção brasileira

Comentar
Compartilhar
05 JUL 2018Por Folhapress18h00
Roberto Martínez deu a sua opinião sobre Brasil e BélgicaRoberto Martínez deu a sua opinião sobre Brasil e BélgicaFoto: Divulgação

O técnico da Bélgica, Roberto Martínez, deu a sua opinião sobre Brasil e Bélgica, que se enfrentam nesta sexta-feira (6), em Kazan, pelas quartas de final da Copa do Mundo.

Para ele, o que diferencia as duas equipes são os cinco títulos mundiais da seleção brasileira.

"A diferença é clara. As duas equipes são semelhantes em termos de qualidade. Temos talentos na seleção, mas nunca ganhamos uma Copa do Mundo. É assim quando se entra em torneio que não tem o status de já tê-lo vencido. O Brasil sabe como é, ganharam mais que qualquer outro país e se livraram dessa barreira psicológica", disse o treinador, natural da Catalunha.

"Respeitamos o Brasil pelo que conquistaram. Não significa que vamos aceitar o desafio, além da parte técnica e tática, eles sabem como vencer uma Copa do Mundo", acrescentou Martínez.

Ele disse que apenas o fato de atuar contra o Brasil já é uma motivação para sua equipe, por conta do histórico do time sul-americano na competição. A seleção venceu em 1958, 1962, 1970, 1994 e 2002.

"Acho que em muitos jogos é preciso qualquer tipo de motivação, mas quando se está nas quartas de final de uma Copa enfrentando o Brasil não precisa de motivação extra. Sabemos nosso trabalho duro, a equipe está pronta e estamos confiantes, e o que importa agora é sermos nós mesmos em campo", apontou o técnico.
Brasil e Bélgica se enfrentam a partir das 15h (de Brasília) desta sexta, em Kazan.