Terremoto na Turquia e Grécia deixa ao menos 19 mortos e mais de 700 feridos

Mais de 2 mil pessoas estão desabrigadas

Comentar
Compartilhar
30 OUT 2020Por Da Reportagem21h05
A catástrofe teve grau 7 de magnitude na escala RichterFoto: Reuters/Reprodução

O terremoto que atingiu o Mar Egeu na Turquia nesta sexta-feira (30) já fez 19 vítimas fatais, sendo 17 na Turquia e duas na Grécia, e mais de 700 feridos. A catástrofe teve grau 7 de magnitude na escala Richter e pelo menos 17 prédios desabaram, deixando mais de 2 mil pessoas desabrigadas. Murat Kurum, ministro do Meio Ambiente e Planejamento Urbano da Turquia, confirmou que há mais vítimas entre os escombros e que equipes de socorro foram mobilizadas para as operações de resgate.

O nível do mar subiu muito rapidamente, o que causou um pequeno tsunami e foram emitidos alertas para que as pessoas evitem ficar dentro de suas residências por enquanto. Um porta-voz da polícia grega disse que houve danos a alguns prédios antigos. "Nunca vivemos nada parecido. As pessoas estão em pânico", disse George Dionysiou, vice-prefeito de Samos.

 

A Turquia está entre os países mais propensos a terremotos do mundo, devido à diversas falhas geológicas na região. Em 1999, um terremoto de magnitude 7.4 destruiu a cidade de Izmit, causando mais de 17 mil mortes e deixando mais de 500 mil pessoas desabrigadas.

Em 2011, um tremor de magnitude 7.1 na província de Van matou mais de 600 pessoas.

Em janeiro deste ano, 40 pessoas morreram durante um terremoto de magnitude 6.8 na província de Elazig, no leste do país.