Jogos Universitários incentivam esporte no país

Os Jogos vão reunir atletas entre 18 e 30 anos de faculdades da região sudeste

Comentar
Compartilhar
08 OUT 2017Por Da Reportagem14h50

A Autoridade de Governança do Legado Olímpico (AGLO) vai abrir as portas das arenas 1 e 2 do Parque Olímpico da Barra (POB) entre os dias 2 e 5 de novembro para receber o "1º Jogos Universitários". Os Jogos, que oferecem competições nas modalidades basquete, futsal, vôlei de quadra, handebol, futebol de campo, judô, jiu-jitsu e tênis de mesa, vão reunir atletas entre 18 e 30 anos de faculdades da região sudeste.

Foi uma grata surpresa ler essa notícia no site do Ministério do Esporte, uma iniciativa válida paraincentivar a prática esportiva e a competição entre universitários, mesmo não contemplando minha modalidade favorita (natação). Eles estarão utilizando as arenas dos jogos Olímpicos/Paralímpicos, para os atletas/alunos e isso eu vejo como uma experiência fantástica.

Quando eu era adolescente, criticava demais a cultura americana. Hoje, após algumas viagens, competições e períodos de treinamento nos EUA, passei a admirar o tratamento e a cultura esportiva do país, que tem, justamente no nível colegial e universitário, uma cena fortíssima, com excelentes centros de treinamento, escolas e universidades muito envolvidas em competições. Claro que isso contribui para o surgimento de grandes atletas, mas principalmente fortalece a relação entre esporte e comunidade.

No Brasil, estamos muito distantes dessa realidade, e não seria justo qualquer comparação, porém vejo o fortalecimento das competições esportivas escolares e universitárias como uma ótima oportunidade de melhora da qualidade de vida dos alunos, da sua formação como cidadãos, de produção de conhecimento.

Temos um grande exemplo dessa prática e que dá resultados na nossa região: a Unisanta, com equipes de futsal escolar, basquete e principalmente a natação. O esporte é uma paixão nacional e merece ser tratado como tal.

Colunas

Contraponto