Voos turísticos animam comércio de Itanhaém

O aeródromo está incluído no plano de expansão da Azul Conecta, com rotas diárias, entre 17 de dezembro e 31 de janeiro de 2021

Comentar
Compartilhar
29 NOV 2020Por Nayara Martins17h00
Prefeito de Itanhaém Marco Aurélio Gomes aposta que o turismo regional vai crescer bastanteFoto: NAIR BUENO/DIÁRIO DO LITORAL

O Aeroporto de Itanhaém vai receber voos turísticos diários nesta temporada de verão, a partir do dia 17 de dezembro até 31 de janeiro de 2021. É que a empresa Azul Conecta, sub-regional operada pela Azul Linhas Aéreas, vai começar a operar aeronaves de pequeno porte com destino a Itanhaém e outras cidades do País, como Canela (RS), Torres (RS), Ubatuba (SP), Paraty (RJ), Angra dos Reis (RJ), Búzios (RJ), Guarapari (ES) e Jericoacora (CE).

Os aviões vão decolar do aeroporto de Congonhas, em São Paulo, às 18 horas e chegarão às 18h35 no município. E sairão de Itanhaém às 19h e chegarão na Capital às 19h35, todos os dias.

As viagens serão feitas em 17 aviões do modelo Cessna Gran Caravan, um turboélice regional monomotor com capacidade para até 9 passageiros. As passagens já estão sendo vendidas nos canais oficiais da companhia aérea.

O prefeito de Itanhaém Marco Aurélio Gomes (PSDB) está bastante otimista com a iniciativa da empresa Azul Conecta em trazer voos nesta temporada. "Já fiz a minha reserva no primeiro voo que sai de Congonhas, em São Paulo, para Itanhaém, no próximo dia 17 de dezembro". O valor da passagem é a partir de R$ 170,00.

Marco Aurélio destaca que um dos principais benefícios é a consolidação de Itanhaém como um destino turístico importante, já que apenas alguns municípios no Estado de São Paulo foram contemplados.

"É uma grande conquista para o município. Acreditamos que o aeroporto está apto para alavancar o desenvolvimento econômico da nossa região".

A medida, segundo o prefeito, já havia sido discutida com o secretário estadual de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, e também com a Azul, no início do ano, mas devido à pandemia foram suspensas.

Na sua opinião, a oferta e a procura do público podem ser decisivos para que a empresa possa implantar o serviço de voos regulares de forma permanente.

Afirma ainda que os investimentos iniciais necessários para viabilizar os voos comerciais já foram concluídos pelo consórcio Voa São Paulo, responsável pela gestão do aeroporto, como a ampliação dos hangares e dos dois terminais de passageiros. Um deles era utilizado pela Petrobras, mas deixou de ser usado no ano de 2018, após a estatal transferir a sua base offshore para a cidade do Rio de Janeiro.

A capacidade do terminal de passageiros é de receber até 150 pessoas por operação. Já o da Petrobras é de até 2 mil passageiros ao mês. A pista do aeroporto de Itanhaém é de 1.350 metros de extensão.

QUEIMA DE FOGOS.

Outra medida adotada pela Administração é a suspensão da queima de fogos no Réveillon, nesta virada do ano, em Itanhaém.

"Este ano não haverá a queima de fogos para evitar a aglomeração de pessoas. Vamos trabalhar com a iluminação de Natal, mas os eventos que estimulem a aproximação do público serão cancelados", salienta.

O prefeito garante que vai reforçar as medidas protetivas junto à Vigilância Sanitária para a conscientização da população sobre os cuidados necessários e não disseminar o coronavírus. Quanto à fiscalização, diz que vai intensificar as blitze nas entradas e saídas da Cidade, nas praias e no comércio durante a temporada de verão.

REDE HOTELEIRA.

A rede hoteleira de Itanhaém também está na expectativa para que o movimento de turistas volte à normalidade, pois foi um dos setores mais atingidos pela pandemia da Covid-19.

Na opinião da recepcionista Carmen Gomes, do Hotel e Pousada Miami, na Praia dos Sonhos, a expectativa é enorme para que os turistas voltem a frequentar o município, especialmente na temporada de verão. Afirma que o hotel teve grande prejuízo no início da pandemia, mas já está com 100 % das reservas fechadas para o pacote de Ano Novo.

"Estamos seguindo todos os protocolos de segurança e de higiene, com limpeza e álcool em gel em todos setores - na recepção, nos refeitórios com lavatórios e nos quartos. Nos quartos é realizada uma limpeza rigorosa antes e após a saída dos hóspedes", completa.