X

ITANHAÉM

Coral se apresenta no Hospital Regional de Itanhaém

Apresentação aconteceu nesta quarta (28) e quinta-feira (29), aos pacientes em vários setores da unidade

Nayara Martins

Publicado em 31/12/2022 às 11:05

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Integrantes do coral levam alegria aos pacientes internados e funcionários do Hospital Regional de Itanhaém / Nayara Martins/ DL

Transmitir uma mensagem de esperança e calma aos pacientes e funcionários do Hospital Regional de Itanhaém “Jorge Rossmann”. Esse é o objetivo da apresentação do coral, aos pacientes e colaboradores, que aconteceu na manhã de quarta (28) e quinta-feira (29), formado por funcionários do Hospital Regional.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

“No hospital, geralmente, as pessoas estão mais tensas e preocupadas e o coral traz um momento de leveza. Existem estudos que comprovam a importância da musicoterapia. Essa é a nossa intenção ao apresentar o Coral”, explica a coordenadora da gestão de gente, Renata da Ressurreição Chiarian.

Ela organiza o coral e também faz parte do grupo da humanização do hospital.  

Na manhã de quarta-feira (28), o coral passou em todas as enfermarias, na maternidade e nas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs). Já nesta quinta-feira (29), é a vez de visitar a parte administrativa do Hospital Regional.

No decorrer do ano, em datas festivas, o coral também faz apresentações aos pacientes internados na unidade.

O coral, que existe há mais de dez anos, segundo Renata, é formado por funcionários e colaboradores do hospital. O número de integrantes varia de 15 a 20 pessoas, conforme a escala de trabalho de cada um.

A psicóloga e presidente da Comissão de Humanização, Ana Maria Fernandes Guimarães, cita ainda os inúmeros benefícios proporcionados pela música.

“Sabemos que a música é bastante usada na área da saúde. Entre os principais benefícios estão o controle e a diminuição da hipertensão, monitorar o batimento cardíaco, a liberação de vários hormônios que trazem uma sensação de prazer e outros, em vários setores e na UTI”.

Ana Maria lembra ainda que muitos pacientes, ao ouvir algumas canções, também conseguem se conectar com uma parte de sua história de vida, além de trazer boas lembranças.

“Podemos dizer que a música ajuda e faz parte do tratamento da maior parte dos pacientes internados e dos colaboradores que trabalham no hospital”, completa.

Lar de idosos   

Na próxima semana, o coral vai se apresentar em um lar de idosos de Itanhaém. Essa será a primeira vez que o coral vai fazer uma apresentação em outro local na Cidade.

A intenção é proporcionar bem-estar e atenção aos idosos que estão morando na casa.

Os funcionários também vão entregar kits de higiene que foram arrecadados, neste mês, por colaboradores do Hospital Regional.  

O Hospital Regional Jorge Rossmann funciona, desde julho de 2017, sob a gestão do Instituto Sócrates Guanaes (ISG) e é mantido pelo Governo do Estado de São Paulo. O Hospital, que possui 181 leitos, é referência em média complexidade e alta complexidade para a maternidade, de porta aberta para o baixo e o alto risco gestacional. Possui UTI adulta e neonatal especializadas.

O hospital dá cobertura a cinco municípios da Baixada Santista e Vale do Ribeira. É uma Unidade Referenciada pela Central de Regulação de Ofertas de Serviços de Saúde(CROSS), integra a Rede de Urgência e Emergência (RUE) e oferece serviço de maternidade de porta aberta com atendimento obstétrico integral à gestante.  

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Cotidiano

'Tempo' feio vai atrapalhar? Veja tempo de espera na balsa

Condições climáticas podem atrapalhar

Variedades

Elenco de 'Atlas' fala sobre inspirações e avanço da Inteligência Artificial

O Diário do Litoral esteve presente de forma remota na coletiva de imprensa do filme, no México

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter