Guarujá

Reservatório do Morrinhos tem obras avançadas no Guarujá

Equipamento terá capacidade de 10 milhões de litros de água, contribuindo para o abastecimento principalmente das áreas do entorno

Da Reportagem

Publicado em 14/06/2024 às 19:29

Comentar:

Compartilhe:

Já foram realizadas a montagem dos painéis que formam a estrutura de parede do reservatório / Divulgação/PMG

As obras seguem avançadas no reservatório que está sendo construído no Morrinhos, em Guarujá, pelo qual possui a capacidade de 10 milhões de litros de água tratada. Atualmente está sendo realizada a montagem de estrutura metálica, com domus (teto) e paredes de aço vitrificado. Com investimento de R$ 15,7 milhões, as obras seguem acompanhadas pela Prefeitura de Guarujá, por meio da equipe técnica da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Obras (Seinfra) Seinfra.

Já foram realizadas a montagem dos painéis que formam a estrutura de parede do reservatório. O equipamento também já teve a base de concreto concluída. Para a execução do serviço de concretagem da base, foram utilizados 500 m³ de concreto e 42 toneladas de aço. O terreno tem aproximadamente 3.300 metros quadrados e o reservatório, diâmetro de 34,67 metros por 11,57 metros de altura.

O reservatório é construído pela Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) e a conclusão beneficiará principalmente as regiões do entorno, com mais um local de armazenamento de água na Cidade.

O abastecimento será feito pela Estação Elevatória de Água Tratada, que será construída dentro da área do reservatório. Um conjunto de bombas com ponto operacional de 178 litros por segundo será capaz de abastecer principalmente as regiões de Morrinhos e Jardim Brasil. Já um conjunto de bombas com ponto operacional de 213 litros por segundo abastecerá o setor Ciro Alves.

O secretário municipal de Infraestrutura e Obras (Seinfra), pontua que a expectativa dessa obra é bastante grande, pois ela contribuirá para o abastecimento de água das localidades próximas.

Próximas etapas

As próximas etapas contemplam o assentamento de rede de água para abastecer o reservatório e recalque de água para abastecer as áreas, assim como a construção da Elevatória de Água, continuidade da construção do reservatório metálico, cercamento da área e urbanização do Centro de Reservação.

Vitrificação

A vitrificação do aço tem a finalidade de proteger o material de corrosão e, principalmente, evitar contaminação da água. Essas chapas especiais vieram da Áustria, onde todo o processo de vitrificação foi executado, com controles muito rigorosos, seguindo normas internacionais de qualidade da água, comprovado com certificados e inspeção feita diretamente na fábrica.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Nacional

Estado de SP está com mais de 16 mil vagas de trabalho; confira os cargos

Oportunidades estão sendo disponibilizadas pelos vários PATs do estado

Santos

Litoral de SP recebe local para consultas médicas a preços acessíveis; veja o local

Unidade oferecerá uma gama de especialidades, incluindo clínica geral

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter