X

Guarujá

Prefeitura de Guarujá multa Sabesp por crime ambiental na Vila Zilda

Pela terceira vez em quatro anos, o tráfego de veículos no local foi paralisado devido ao rompimento de uma tubulação da Sabesp

Da Reportagem

Publicado em 15/05/2024 às 19:30

Atualizado em 16/05/2024 às 17:19

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Prefeitura de Guarujá multou a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) em R$ 767.718,00, pelo rompimento recorrente da tubulação de uma linha de saída da Estação de Pré-condicionamento da Sabesp, no Túnel Juscelino Kubitschek (Vil / Divulgação/PMG

A Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) foi multada pela Prefeitura de Guarujá em R$ 767.718,00, por conta do rompimento recorrente da tubulação de uma linha de saída da Estação de Pré-condicionamento da Sabesp, no Túnel Juscelino Kubitschek, na Vila Zilda.

Siga as notícias do Diário do Litoral no Google Notícias

O crime ambiental foi constatado na última terça (14), pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Segurança Climática (Semam), que acompanha a situação junto da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) e a Agência Reguladora de Serviços Públicos do Estado de São Paulo (Arsesp).

O fato é que não é a primeira vez que algo semelhante gera grandes transtornos na Cidade. Isso porque, no mesmo local, já são contabilizadas três ocorrências de contaminação do solo por lançamento de esgoto desde 2020.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

Uma equipe de fiscalização da Semam vistoriou a região e identificou sérios danos, todos compilados em laudo técnico. Considerada gravíssima, a infração de nível três avalia os impactos que a carga biológica de efluentes pode gerar na qualidade sanitária da rede pluvial e das praias. Outros aspectos levantados são as consequências em saúde pública, mobilidade urbana e comércio local.

O secretário adjunto de Meio Ambiente e Segurança Climática de Guarujá, enfatiza que o Município não tolerará negligências. “O nosso compromisso é zelar pela qualidade de vida da população e o desenvolvimento sustentável da Cidade, por meio de instrumentos de fiscalização e controle da poluição. Estamos atentos a crimes que comprometem o ar, água e solo, por exemplo”, ressalta.

Reparos quase 100% concluídos

A Prefeitura exigiu solução imediata aos danos causados no túnel e a Sabesp estima concluir os serviços nesta quinta-feira (16), com a retomada do fluxo normal no espaço. O reparo da tubulação que apresentava fortes indícios de corrosão por falta de monitoramento e manutenção já está efetuado. Agora, as equipes trabalham na proteção mecânica e compactação do solo para pavimentação e, assim que finalizadas as intervenções, a via será liberada para o tráfego de veículos.

Interdição preventiva

O túnel encontra-se interditado desde a última terça-feira (14). A Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob) sinalizou o local, bem como as vias de acesso, disponibilizando rotas alternativas. Os semáforos da entrada da Cidade foram reprogramados e a Rua Cavaleiro Nami Jafet, no Centro, teve a direção invertida. Veja abaixo:

Destino Vicente de Carvalho (Rota Amarela): Enseada, sentido Vicente de Carvalho.

Bairros: Morrinhos, Vila Zilda, Vila Edna, Cachoeira e demais

Avenida da Saudade, Avenida Dom Pedro I, Avenida Doutor Emílio Carlos, Avenida Montenegro, Avenida Puglisi, Avenida Santos Dumont, Rodovia Cônego Domenico Rangoni e Avenida Lydio Martins Corrêa.

Destino Enseada (Rota Azul): Vicente de Carvalho, sentido Enseada

Bairros: Morrinhos, Vila Zilda, Vila Edna, Cachoeira e demais

Avenida Lydio Martins Corrêa, Rodovia Cônego Domenico Rangoni, Avenida Santos Dumont, Avenida Puglisi, Rua Buenos Aires, Rua Benjamin Constant, Avenida Montenegro, Avenida Doutor Emílio Carlos e Avenida Dom Pedro I.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Cotidiano

Vai para São Paulo? Veja tráfego das estradas

Informação foi divulgada pela Ecovias

Cotidiano

'Tempo' feio vai atrapalhar? Veja tempo de espera na balsa

Condições climáticas podem atrapalhar

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter