Prefeito de Guarujá chega para depor em audiência de custódia

Valter Suman foi levado para o Fórum de Santos, onde juiz decidirá se chefe do Executivo guarujaense segue preso

Comentar
Compartilhar
16 SET 2021Por Da Reportagem16h00
Válter Suman, prefeito de GuarujáVálter Suman, prefeito de GuarujáFoto: Nair Bueno/DL

O prefeito de Guarujá já está prestando depoimento durante audiência de custódia, que acontece na Justiça Federal, em Santos, na tarde desta quinta-feira (16). Valter Suman (PSDB) foi preso na noite desta quarta-feira (15) após operação da Polícia Federal em Guarujá ter identificado indícios de desvio de dinheiro público que seria destinado para saúde do município. Além dele, o secretário de educação, Marcelo Nicolau, também foi detido por agentes da PF e a vice-prefeita, Adriana Machado (PSD), assumiu os compromissos do chefe do Executivo. Dependendo da decisão do juiz responsável pela audiência, Suman pode ser libertado nas próximas horas.

As prisões foram efetuadas em decorrência de uma operação da Polícia Federal (PF) que apura um esquema de desvios de dinheiro na área da saúde. Mandados de busca e apreensão foram cumpridos durante toda a manhã de quarta-feira nos apartamentos onde moram o prefeito e o secretário, bem como nos paços municipais de Guarujá (Moacir dos Santos e Raphael Vitiello) e em um prédio de luxo no Boqueirão, em Santos.

A investigação foi iniciada no começo de 2021 e é referente a supostas irregularidades no contrato entre a Prefeitura e a Organização Social Pró-Vida, que administra a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Rodoviária e 15 Unidades de Saúde da Família (Usafas). Pelas investigações apurarem a destinação de verbas federais, a investigação envolve tanto a PF quanto o Ministério Público Federal (MPF). Os advogados de Suman e Nicolau ainda não se manifestaram sobre o ocorrido. A operação e as prisões surpreenderam funcionários públicos e secretários de Suman.

Menos de 12 horas depois de Suman e Nicolau terem sido levados de camburão até São Vicente, os secretários nomeados pelo prefeito se reuniram com a vice-prefeita Adriana Machado. Após aproximadamente quatro horas de reunião, durante toda a manhã desta quinta-feira e o começo da tarde, os servidores públicos decidiram seguir com os trabalhos de maneira normal e declararam total apoio à vice de Suman para que ela assuma a agenda e todas as funções de Valter Suman para que o município siga trabalhando normalmente.