Aprovada lei que determina tempo máximode espera para atendimento do SAMU em Guarujá

O plenário da Câmara aprovou a lei por 14 votos a um

Comentar
Compartilhar
25 NOV 2017Por Da Reportagem14h30
Aprovada lei que determina tempo máximode espera para atendimento do SAMU em GuarujáAprovada lei que determina tempo máximode espera para atendimento do SAMU em GuarujáFoto: Arquivo DL

Por 14 votos a 1, o plenário da Câmara Municipal de Guarujá aprovou, no último dia 14, o Projeto de Lei N°174/2017, de autoria do vereador Naldo Perequê (PPS), que visa determinar tempo máximo de espera para o atendimento do SAMU.

O texto aprovado propõe a utilização de formulários onde deverão constar os horários de solicitação e de atendimento das ambulâncias. Além disso, propõe que os atendentes do 192 sejam obrigados a informar o prazo de chegada das equipes de socorro nos locais de destino.

Na justificativa ao projeto, Naldo Perequê destaca que o serviço é alvo recorrente de queixas e chama atenção para a necessidade de medidas que possam ordenar melhor o atendimento prestado à população.

"Não são isolados casos de pessoas com necessidade urgente de atendimento esperarem mais de uma hora pela chegada da ambulância", destaca.

Com a aprovação dos vereadores, o projeto segue agora para análise do prefeito Válter Suman (PSB), a quem caberá sancioná-lo ou vetá-lo. Se sancionado, passa a se tornar lei a partir da sua data de publicação no Diário Oficial.