Trio Sub-20 chega, mas ganha folga e não joga o clássico

Depois de participarem da criticada campanha da seleção brasileira Sub-20 no Sul-Americano da categoria, no Uruguai, Gabriel, Caju e Thiago Maia estão de volta

Comentar
Compartilhar
09 FEV 201517h04

A disputa por posições no time do Santos vai crescer à partir da próxima semana. Depois de participarem da criticada campanha da seleção brasileira Sub-20 no Sul-Americano da categoria, no Uruguai, Gabriel, Caju e Thiago Maia estão de volta.

Para o clássico desta quarta-feira, frente ao São Paulo, na Vila Belmiro, o trio ainda não estará à disposição. Caso não haja algum fator de extrema necessidade, os três jogadores terão uma semana para descanso e treinos regenerativos.

Na equipe comandada por Gallo, Caju foi titular na lateral esquerda, enquanto Gabriel e Thiago Maia eram aproveitados circunstancialmente nas partidas.

No Peixe, Caju chega ciente de que terá um forte concorrente pela vaga de titular do time. Contratado nesta temporada, Chiquinho chegou para jogar no meio de campo, mas sempre enfatizou sua polivalência e acabou agradando ao suprir a saída de Mena, ex-titular da posição.

O trio Sub-20 ganhou uma semana de férais (Foto: Divulgação/Santos FC)

Thiago Maia, até por ter sido o último a subir ao profissional, ainda deve ficar como opção no banco. A esperança do jogador é ganhar a confiança de Enderson para os jogos em que alguns titulares ganharem descanso.

Por outro lado, Gabriel, apesar de ter recebido poucas oportunidades na seleção Sub-20, foi o artilheiro do Peixe em 2014 e colocou Leandro Damião no banco de reservas. Em um setor que conta com Robinho, Geuvânio, Ricardo Oliveira e Thiago Ribeiro, o jovem atacante terá de provar mais uma vez do que é capaz para se firmar entre os titulares.

No Su-Americano, o Brasil acabou apenas na quarta posição, com classificação garantida para o Mundial da categoria, mas com um futebol muito aquém de sua tradição.

Colunas

Contraponto