Santos divide dívida com atletas em parcelas até o fim do ano

O presidente Modesto Roma Jr chegou a um acordo com o elenco santista. Clube parou de pagar os direitos de imagem em outubro do ano passado

Comentar
Compartilhar
24 MAR 201517h41

Modesto Roma Jr chegou a um acordo com o elenco santista sobre um assunto que assola o Santos desde o ano passado: salários atrasados. Nesta terça-feira, o presidente santista comunicou a imprensa de que acertou um parcelamento dos valores referentes aos direitos de imagem dos atletas, única pendência que ainda resta com o grupo de jogadores.

"Já acertamos com eles que pagaremos a partir de agora o mês em dia e metade dos atrasados. Esse primeiro pagamento será feito até sexta-feira. Isso já foi acertado em uma conversa que tivemos lá em Londrina, ainda. Conversei com os líderes do grupo e passamos isso a eles", revelou Modesto, que ao assumir a presidência, em janeiro, prometeu pagar os atrasados herdados da gestão de Odílio Rodrigues em três meses, mas não teve sucesso.

O Santos parou de pagar os direitos de imagem em outubro do ano passado. A maioria dos jogadores está há cinco meses sem receber o acordado em contrato, porém, em alguns casos específicos, a dívida é ainda maior. Atualmente, a situação mais confortável é dos jogadores que foram contratados recentemente e chegaram ao clube apenas no início desta temporada.

Jogadores voltarão a receber os direitos de imagem (Foto: Divulgação/Santos FC)

Com o parcelamento, o Peixe precisará sempre de dois meses para matar um mês inteiro atrasado. Com isso, a dívida com os atletas, caso o clube cumpra o prometido, deve acabar apenas em novembro.

Ao ser questionado sobre a origem da verba que será utilizada para regularizar a situação com o elenco, Modesto Roma Jr despistou.

"O Santos trabalha com um planejamento de caixa muito sério e competente. E nesse planejamento buscamos recursos para que possamos pagar. Não houve evolução com relação ao patrocínio, a perda do Alex (Fernandes), no marketing, é mais um complicador. Todos nós estamos buscando esses recursos em todas as áreas", disse o mandatário, citando o ex-diretor do departamento de marketing do Santos, afastado na segunda-feira, segundo Modesto, “para tratar um problema sério de visão”.