Santos confirma chegadas de Oswaldo de Oliveira e Leandro Damião

O treinador assinou contrato de um ano com o Peixe, até dezembro de 2014. O atacante assinará contrato de cinco anos com o clube

Comentar
Compartilhar
16 DEZ 201318h42

Agora é oficial. O Santos confirmou nesta segunda-feira (16) as chegadas do técnico Oswaldo de Oliveira e do atacante Leandro Damião para a próxima temporada. O treinador assinou contrato de um ano com o Peixe, até dezembro de 2014, e assume a equipe a partir de 1º de janeiro. O centroavante, que teve adquirido os direitos federativos pelo Alvinegro Praiano, assinará contrato de cinco anos.

Esta é a terceira passagem de Oswaldo de Oliveira pela Vila Belmiro. A primeira ocorreu em 1997, quando ele atuou como auxiliar técnico de Vanderlei Luxemburgo e ajudou o Peixe na conquista do Torneio Rio-São Paulo.

Já em 2005, Oswaldo retornou ao Alvinegro Praiano como técnico. Ele dirigiu a equipe no Campeonato Paulista e na Copa Libertadores daquela temporada. Em 16 partidas à frente do Peixe, foram nove vitórias, quatro empates e três derrotas.

Já o acordo com Leandro Damião, segundo reforço do Santos para a próxima temporada, foi fechado nesta hoje (16) após encontro, em Porto Alegre, entre os presidentes Odílio Rodrigues, do Santos, e Giovanni Luigi, do Internacional.

Oswaldo de Oliveira e Leandro Damião são os dois primeiros reforços do Santos para 2014 (Fotos: Botafogo e Vipcomm)

Aos 24 anos, Damião coleciona 17 convocações para seleção brasileira e ainda sonha com uma vaga para disputar a Copa do Mundo 2014. Ele também foi destaque na seleção olímpica que conquistou o vice-campeonato nos Jogos de Londres. Na oportunidade, o atacante foi o artilheiro do torneio com seis gols.

Revelado pelo Atlético Ibirama e com passagens por Marcílio Dias (SC) e Cidade Azul (SC), Damião ganhou notoriedade no Inter ao marcar um dos gols do time na vitória sobre o Chivas Guadalajara na final da Copa Libertadores 2010.

Pelo clube colorado, o atacante jogou 190 partidas e marcou 90 gols, sendo o artilheiro do Campeonato Gaúcho em 2011 e 2012 e também da Recopa Sul-Americana 2011. Em 2011, ele também foi o vencedor do Prêmio Friedenreich – que lista os principais goleadores do futebol brasileiro -, com 38 gols.