Odílio diz que Luis Alvaro não fala em voltar à presidência do Santos

O cartola assumiu o comando alvinegro em 2010 e esteve à frente da equipe em conquistas importantes, como a Copa Libertadores de 2011, antes de enfrentar uma turbulência maior

Comentar
Compartilhar
16 DEZ 201311h05

Odílio Rodrigues, presidente em exercício do Santos, disse manter contato com Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro, o presidente licenciado por questões de saúde. No papo entre os dois, de acordo com o dirigente que vem atuando no dia a dia do clube, não há qualquer menção sobre o retorno.

“A gente mantém contato telefônico, ele é uma pessoa com quem aprendi. Ele continua em tratamento e está melhorando bastante. Nunca falou para mim sobre voltar. A licença vai até o meio do ano que vem”, afirmou Rodrigues, em entrevista à Rádio Globo.

Luis Alvaro se licenciou em agosto deste ano, em meio a uma pressão para que deixasse o cargo. O dirigente, que completa 71 anos na segunda-feira, além dos problemas médicos, sofria críticas pela maneira com que vinha conduzindo a agremiação da Vila Belmiro.

O cartola assumiu o comando alvinegro em 2010 e esteve à frente da equipe em conquistas importantes, como a Copa Libertadores de 2011, antes de enfrentar uma turbulência maior. Ele foi reeleito em 2011, e seu mandato tem término previsto para o final do próximo ano.

Afastado desde agosto, Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro tem mandato até dezembro de 2014 (Foto: Divulgação/Santos FC)

“Por direito, o cargo pertence a ele. Essa questão de voltar é uma decisão pessoal dele. Não compete a mim julgar”, disse Odílio.