Palmeirense ferido em briga com torcedores santistas tem morte cerebral

O confronto ocorreu em uma passarela externa da Estação Jardim Romano, na zona leste, da Linha 12 – Safira, da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos

Comentar
Compartilhar
29 ABR 201519h32

A Secretaria Estadual de Saúde de São Paulo confirmou na tarde de hoje (29) a morte cerebral do torcedor palmeirense Cláudio Fernando Mendes Cardoso de Moraes. Ele ficou ferido em uma briga com torcedores santistas no último domingo (26), por volta das 20h. O fato ocorreu cerca de duas horas após partida entre os dois times, pela decisão do Campeonato Paulista.

O confronto ocorreu em uma passarela externa da Estação Jardim Romano, na zona leste, da Linha 12 – Safira, da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM). A briga foi identificada por funcionários da companhia, que socorreram a vítima e a levaram para o Hospital Santa Marcelina, no Itaim Paulista, onde a morte foi constatada.

Após visita à Delegacia Especializada para Pessoas com Deficiência, o secretário de Segurança Pública, Alexandre de Moraes, lamentou que o caso tenha sido informado tardiamente à polícia. “A família levou até o hospital e não houve o aviso imediato à polícia. Somente ontem chamamos a polícia até o DHPP [Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa] para que fossem ouvidas as pessoas que pudessem dar maiores informações e, a partir de agora, começamos as investigações", declarou.

No próximo domingo (3), haverá a segunda partida da decisão, quando os times do Palmeiras e do Santos se enfrentarão novamente. Desta vez, o jogo será na casa do Santos, no Estádio Vila Belmiro, na Baixada Santista, litoral paulista.