Neymar divulga documento de 2011 no qual Santos autoriza negociação

Na terça-feira, o ex-presidente do Santos, Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro, rebateu o pai de Neymar, que havia dito que o jogador estava autorizado para negociar com o Barcelona

Comentar
Compartilhar
29 JAN 201418h00

Se defendendo das acusações de ter fechado um acordo com o Barcelona ainda em 2011 sem que o Santos soubesse, Neymar, por meio de seu site oficial, divulgou um documento do clube alvinegro que o liberava para negociar com qualquer equipe.

Na terça-feira, o ex-presidente do Santos, Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro, rebateu o pai de Neymar, que havia dito que o jogador estava autorizado para negociar com o Barcelona, dizendo que desconhecia essa informação.

O documento divulgado no site oficial de Neymar, no entanto, está assinado pelo próprio Laor, então presidente santista. A declaração, que possui carimbo do Santos e do Barcelona, é datada em 8 de novembro de 2011, “informa expressamente que concorda e autoriza o atleta Neymar a iniciar, desde já, tratativas com quaisquer entidades de prática desportiva, nacionais ou internacionais, podendo concretizar eventual transferência, desde que isso somente ocorra a partir de 2014”.

Ao todo, a empresa do pai de Neymar recebeu certa de 40 milhões de euros (aproximadamente R$ 130 milhões) pela prioridade de compra e posteriormente transferência do craque brasileiro para o Barcelona.

O documento divulgado no site oficial de Neymar, no entanto, está assinado pelo próprio Laor, então presidente santista (Foto: Divulgação/SFC)