Colega de treino divulga movimentos de Laís: “Ela mexeu o braço”

Internada na Uniidade de Terapia Intensiva Neurológica do Hospital da Universidade de Utah, Lais foi submetida a tratamento cirúrgico para realinhar a coluna cervical

Comentar
Compartilhar
29 JAN 201416h30

Companheira de Laís Souza na busca por uma vaga nos Jogos Olímpicos de Inverno de Sochi, que ocorrem ainda neste ano, Josi Santos segue acompanhando de perto a recuperação da ex-ginasta, que sofreu trauma na coluna cervical e está internada em hospital dos Estados Unidos. Na tarde desta quarta-feira, a atleta do esqui aéreo revelou avanço na recuperação de Laís e não conteve a euforia em publicação divulgada no Facebook.

“Deus do céu, ela mexeu o braço. Jesus, te amo mais do que tudo. Essa corrente está forte, gente. Estou muito feliz, só deu sabe o que sinto neste momento. Continuem, amigos”, afirmou Josi Santos.

Internada na Uniidade de Terapia Intensiva Neurológica do Hospital da Universidade de Utah, Lais foi submetida a tratamento cirúrgico para realinhar a coluna cervical. Tratada pelos médicos Holly Ledyard, neurointensivista, e pelo Andrew Dailey, neurocirurgião, a atleta ainda não conseguia mexer braços e pernas na manhã desta quarta-feira.

Ainda aguardando visto para embarcar para território norte-americano, a mãe da ex-ginasta, Odete Souza, recebeu passagens aéreas e hospedagem pagas pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB). Outras atletas nacionais, como Maurren Maggi, Daniele Hypolito e Jade Barbosa demonstraram apoio a Lais.

Na tarde desta quarta-feira, a atleta do esqui aéreo revelou avanço na recuperação de Laís e não conteve a euforia em publicação divulgada no Facebook (Foto: Facebook)

O acidente:

Ex-ginasta, que soma participações nos Jogos Olímpicos de Atenas, em 2004, e Pequim, em 2008, Lais Souza mudou de esporte e passou a praticar o Esqui Livre no último ano. Ela estava em busca de uma vaga na disputa de Aéreos dos Jogos Olímpicos de Inverno de 2014, em Sochi, quando sofreu uma torção na coluna depois de uma queda durante treino em Salt Lake City, na última segunda-feira. A equipe que acompanhava a brasileira tentou repor a coluna no lugar logo após o acidente, mas