Na estreia, Santos reencontra Londrina pela Copa do Brasil

O Peixe chega embalado para o desafio fora de casa. Sob o comando de Marcelo Fernandes, foram três vitórias nos últimos três jogos, com nove gols marcados e apenas dois sofridos

Comentar
Compartilhar
17 MAR 201515h18

Santos e Londrina vão, mais uma vez, medir forças na Copa do Brasil. Em 2014, o Peixe levou a melhor e avançou às oitavas de final depois de perder por 2 a 1 no Paraná, mas reagir com 2 a 0 na Vila Belmiro. Desta vez, o confronto é pela 1ª fase da segunda maior competição nacional. À partir das 19h30 (de Brasília), os times se enfrentam no estádio do Café e, caso os paulistas não consigam uma vitória por uma diferença de dois gols, dia 16 de abril, uma quinta-feira, a partida de volta definirá o classificado.

O Peixe chega embalado para o desafio fora de casa. Sob o comando de Marcelo Fernandes, foram três vitórias nos últimos três jogos, com nove gols marcados e apenas dois sofridos. A equipe lidera o Campeonato Paulista e quer garantir sua vaga sem a necessidade da partida de volta.

Por isso, sete titulares foram preservados no fim de semana, na goleada em cima do Marília, e voltam ao time nesta terça. Cicinho era a única dúvida, mas o incômodo muscular que o tirou de ação ainda no primeiro tempo, no interior paulista, não passou de um susto. Vitor Ferraz também deve voltar a ser improvisado na lateral esquerda, porém, há chance de Zeca receber uma nova oportunidade.

A grande aposta da equipe, porém está no ataque. Abastecidos por Renato e Lucas Lima, Geuvânio, Robinho e Ricardo Oliveira são as grandes armas santistas para vencer a partida.

Robinho é a grande esperança do Santos para eliminar o jogo de volta da Copa do Brasil, contra o Londrina (Foto: Ricardo Saibun/SFC)

O outro lado

Claudio Tencati já era o técnico do Londrina quando a equipe encarou o Santos na Copa do Brasil do ano passado. Por isso, o comandante conhece bem alguns atletas do Peixe e admite que o objetivo é levar a decisão para a Vila Belmiro.

"O primeiro é passo é ganhar aqui. Se não ganhar, tem que amarrar o jogo e não deixar eles fazerem gols. Acredito que o Santos deve vir com força total, então, é um time muito mais forte que enfrentamos no ano passado", disse, lembrando que o alvinegro, em 2014, escalou um time inteiro reserva no duelo disputado no estádio do Café.

Atual campeão estadual e recém promovido à Série C do Campeonato Brasileiro, o Tubarão empatou por 0 a 0 no último fim de semana, em casa, com o Paraná Clube, e é apenas o quinto colocado no Campeonato Paranaense.