Muricy acaba com polêmica e não comenta explicações de Mano

Nesta sexta, o são-paulino se pronunciou pela primeira vez desde que as justificativas do rival foram apresentadas e não quis dizer se aceitou as explicações

Comentar
Compartilhar
21 MAR 201413h35

O técnico Muricy Ramalho não quer mais saber da polêmica com o corintiano Mano Menezes. Depois das explicações do rival, que negou ter transferido sua responsabilidade para o São Paulo, o comandante tricolor preferiu encerrar a confusão.

“Está tudo bem, isso já passou. Futebol é assim, acontecem algumas coisas, mas bola para frente”, afirmou o treinador, no início da tarde desta sexta-feira, no CT da Barra Funda. A polêmica começou no domingo, quando o São Paulo perdeu por 1 a 0 para o Ituano, em tarde chuvosa no Morumbi, atrapalhando o rival.

Como também não venceu, em duelo contra o Penapolense, o Corinthians acabou eliminado nesta primeira fase do Paulistão. Depois do jogo, Romarinho afirmou que acreditava em uma armação são-paulina, enquanto Mano disse que aguardaria a resposta dos “deuses do futebol”.

No entanto, Muricy não gostou das declarações dos rivais e rebateu na segunda-feira. Diante da repercussão, Mano se explicou na terça, negando que tenha transferido sua responsabilidade. Nesta sexta, o são-paulino se pronunciou pela primeira vez desde que as justificativas do rival foram apresentadas e não quis dizer se aceitou as explicações.

   O técnico Muricy Ramalho não quer mais saber da polêmica com o corintiano Mano Menezes (Foto: Rubens Chiri)

“Não tem esse negócio de engolir. Ele deu explicações, e eu dei as minhas. Não aconteceu nada”, afirmou, antes de encerrar. “Foi um mal entendido, está tudo certo”, completou, com o semblante fechado.