Medina é finalista do prêmio Laureus na categoria esportes radicais

A organização do prêmio anunciou nesta quarta-feira os finalistas e o paulista de 21 anos concorre na categoria de esportes radicais junto com outros cinco concorrentes

Comentar
Compartilhar
11 FEV 201515h20

O surfista Gabriel Medina é um dos indicados para ganhar o Laureus, considerado o Oscar do Esporte. A organização do prêmio anunciou nesta quarta-feira os finalistas e o paulista de 21 anos concorre na categoria de esportes radicais junto com outros cinco concorrentes. Os vencedores serão conhecidos em uma cerimônia no dia 15 de abril em Xangai, na China.

O título inédito do Circuito Mundial de Surfe credenciou Medina como finalista da premiação. O jovem desbancou o multicampeão Kelly Slater em 2014 ao vencer três etapas do calendário e confirmar a conquista em dezembro, em Pipeline, no Havaí. O feito de Medina garantiu ao Brasil pela primeira vez a chance de comemorar um campeonato na modalidade.

Medina tem fortes adversários à premiação na categoria de esportes radicais. A também surfista Stephanie Gilmore, da Austrália, conquistou em 2014 o sexto título mundial, já o skatista americano Nyjah Huston alcançou a nota mais alta da história do X-Games e o seu compatriota, Sage Kotsenburg, levou a medalha de ouro no snowboard nos Jogos Olímpicos de Inverno na estreante modalidade Slopestyle.

O surfista Gabriel Medina é um dos indicados para ganhar o Laureus, considerado o Oscar do Esporte (Foto: Thiago Bernardes/EC)

Completam a lista o britânico do mountain bike Danny MacAskill, que escalou de bicicleta a montanha de Cuillin Ridge, na Escócia e também o paraquedista norte-americano Alan Eustace, novo recordista mundial de queda livre.

A disputa pelos prêmios principais também deve ser bastante acirrada. Entre os homens, o português Cristiano Ronaldo e o tenista sérvio Novak Djokovic são apenas dois dos concorrentes ao prêmio e terão como adversários o britânico Lewis Hamilton e o espanhol Marc Márquez, além do jogador de golfe britânico Rory McIlroy e o francês Renaud Lavillenie, do salto com vara.

Entre as mulheres, duas finalistas são tenistas. A norte-americana Serena Williams e a chinesa Na Li estão na disputa junto com neozelandesa Valerie Adams, do arremesso de peso, a norueguesa Marit Bjørgen, do esqui nórdico, a corredora etíope Genzebe Dibaba e a eslovena Tina Maze, do esqui alpino.

Colunas

Contraponto