Massa lamenta chuva e falta de teste com pneus supermacios

Massa encerrou o dia com o 12º tempo, com a marca de 1min19s560, obtido com os pneus macios em sua Williams. O dia foi liderado por Lewis Hamilton, da Mercedes, que andou a 1min17s192

Comentar
Compartilhar
21 MAI 201513h08

O brasileiro Felipe Massa saiu frustrado da quinta-feira de treinos livres para o Grande Prêmio de Mônaco de Fórmula 1. Ele lamentou a chuva que atingiu o principado durante a tarde e fez os pilotos ficarem nos boxes durante grande parte da segunda atividade do dia.

“Não foi um dia tão produtivo como gostaríamos porque a chuva limitou nossa rodagem. Nosso foco é no sábado e a previsão diz que não choverá, então não tinha nada que poderíamos aprender andando no molhado”, disse.

Massa encerrou o dia com o 12º tempo, com a marca de 1min19s560, obtido com os pneus macios em sua Williams. O dia foi liderado por Lewis Hamilton, da Mercedes, que andou a 1min17s192. Por causa da chuva, os pilotos não testaram os compostos supermacios, mais rápidos e aderentes da F1 e disponíveis às equipes pela primeira vez no ano.

Felipe Massa lamentou a chuva que atrapalhou o dia de treinos livres em Monte Carlo (Foto: Manu Fernandez/Associated Press/Estadão Conteúdo)

“Tivemos uma boa primeira sessão com os pneus macios e vamos tirar a informação que conseguimos ali. O treino livre no sábado de manhã será importante para acertarmos o carro corretamente”, avaliou o brasileiro.

Diferentemente do restante das provas da Fórmula 1, em Mônaco os primeiros treinos livres ocorrem na quinta-feira em vez de sexta. Os pilotos voltam a acelerar no circuito de rua de Monte Carlo na manhã de sábado.