Brasileiras vencem e ficam a uma vitória da chave principal de Roland Garros

Número 1 do Brasil e primeira cabeça de chave do quali, Teliana Pereira mostrou força nesta quinta ao derrotar a checa Renata Voracova sem maiores dificuldades, com direito a um "pneu"

Comentar
Compartilhar
21 MAI 201512h21

Teliana Pereira e Beatriz Haddad Maia voltaram a se destacar no qualifying de Roland Garros nesta quinta-feira. As brasileiras venceram na segunda rodada e agora só dependem de uma vitória cada para entrar na chave principal do Grand Slam francês.

Número 1 do Brasil e primeira cabeça de chave do quali, Teliana Pereira mostrou força nesta quinta ao derrotar a checa Renata Voracova sem maiores dificuldades, com direito a um "pneu": 6/0 e 6/4. Na terceira rodada, a atual número 77 do mundo vai enfrentar a espanhola Laura Pous-Tio, atual 205ª colocada do ranking.

Se confirmar o favoritismo, Teliana disputará a chave principal de Roland Garros pela segunda vez na carreira. No ano passado, ela entrou direto na chave por ter ranking mais elevado no momento da definição da lista dos classificados. Venceu a primeira partida e foi eliminada no jogo seguinte.

Bia Haddad disputou apenas sua segunda partida como profissional em um Grand Slam nesta quinta (Foto: Divulgação)

Bia Haddad, por sua vez, disputou apenas sua segunda partida como profissional em um Grand Slam nesta quinta. Prestes a completar 19 anos, a jovem tenista derrotou a italiana Nastassja Burnett por duplo 6/3. Na terceira rodada, ela terá pela frente a australiana Olivia Rogowska, atual 196ª do mundo.

Aos 23 anos, Rodowska tem maior experiência que a brasileira, número 167 do ranking. A australiana já soma 27 títulos de nível ITF, entre torneios de simples e duplas, contra apenas oito de Bia. Ela e Teliana entrarão em quadra para buscar a vaga na chave principal nesta sexta-feira.

Neste mesmo dia, os brasileiros Guilherme Clezar e André Ghem vão tentar se classificar para jogar o torneio principal de Roland Garros. Eles também dependem apenas de uma vitória cada para entrar na chave do Grand Slam. Se vencerem, vão fazer companhia a Thomaz Bellucci e João Souza, o Feijão, já garantidos na competição.