Largando em 14º, Massa se contenta em marcar pontos

O brasileiro nem chegou a disputar a última parte do treino classificatório, eliminado no Q2 com a marca de 1min17s278

Comentar
Compartilhar
23 MAI 201511h45

A meta do brasileiro Felipe Massa no Grande Prêmio de Mônaco de Fórmula 1 é ficar entre os dez primeiros colocados e marcar pontos. O piloto da Williams conseguiu apenas a 14ª colocação do grid de largada e precisará compensar na prova a falta de ritmo de seu carro no treino classificatório.

“Amanhã não será fácil, mas tudo pode acontecer por causa das características desta pista. Não é um grande resultado porque estamos acostumados a nos classificar mais acima, mas estou confiante que ainda possamos marcar pontos e este deva ser o nosso foco”, avaliou o brasileiro.

Massa nem chegou a disputar a última parte do treino classificatório, eliminado no Q2 com a marca de 1min17s278. O finlandês Valtteri Bottas foi ainda pior. Ele estabeleceu apenas o 17º tempo da primeira parte da atividade e iniciará a prova na penúltima fila do grid.

Massa se contenta em marcar pontos (Foto: Divulgação/Williams)

“Não houve um grande problema no classificatório que nos deixou nessa posição. Mônaco é um circuito que não favorece as características do nosso carro. Sofremos durante todo o dia e vimos que foi difícil estabelecer os tempos de volta que queríamos”, explicou.

A pole position em Mônaco foi do britânico Lewis Hamilton, que pela primeira vez na carreira largará na frente da tradicional prova. Seu companheiro na Mercedes, Nico Rosberg ficou com a segunda posição, seguido por Sebastian Vettel, da Ferrari, e Daniel Ricciardo, da Red Bull.