Jô marca e Corinthians vence a primeira com Sylvinho na Neo Química Arena

O resultado dá um respiro ao treinador corintiano, que vinha de uma sequência de quatro jogos sem vitórias, com direito a uma eliminação na Copa do Brasil.

Comentar
Compartilhar
24 JUN 2021Por Estadão Conteúdo21h18
Jô marcou um dos gols.Jô marcou um dos gols.Foto: Twitter/Corinthians

O Corinthians venceu a primeira partida em casa sob o comando de Sylvinho. Mais organizado ofensivamente, o time derrotou o Sport por 2 a 1 nesta quinta-feira, na Neo Química Arena, pela sexta rodada do Brasileirão. Jô, em seu primeiro jogo após a polêmica da chuteira verde, foi o destaque. Ele marcou o segundo gol da equipe, teve participação no primeiro (contra, de Maidana) e acertou uma bola na trave.

O resultado dá um respiro ao treinador corintiano, que vinha de uma sequência de quatro jogos sem vitórias, com direito a uma eliminação na Copa do Brasil. Também tira um pouco a pressão dos atacantes, que marcaram apenas dois gols nessas últimas partidas Com o resultado, o Corinthians subiu para o décimo lugar, com oito pontos, a dois da quarta colocação. O Sport é o 15º, com quatro.

O caminho para a vitória foi o lado direito, com Gustavo Mosquito. O atacante ficou fora da última partida para acompanhar o velório do pai, vítima de covid-19. Na primeira bola que recebeu, avançou e tocou no canto para abrir o marcador Ficou emocionado na comemoração, mas o VAR assinalou impedimento no lance.

O Corinthians seguiu superior e criou mais uma oportunidade com Jô e outra em um cabeceio do zagueiro João Victor . O Sport cresceu nos instantes finais da primeira etapa. Cássio fez boa defesa em chute de Betinho de fora da área. E quando estava no pior momento foi quando o Corinthians abriu o marcador. Aos 48, Mosquito cruzou da direita para Jô. Iago Maidana tentou cortar, mas desviou contra.

No segundo tempo, o Sport voltou mais ofensivo com o veterano Thiago Neves no lugar do zagueiro Maidana. Mas o Corinthians conseguiu ampliar já aos 6. Após cobrança de escanteio, Gil desviou e Jô mandou para as redes. Foi o 26º gol dele na Neo Química Arena. Agora, tem apenas um a menos do que Angel Romero, o artilheiro do clube na arena em Itaquera.

Com os dois gols de vantagem, o Corinthians pôde fazer aquilo que mais gosta: recuar, esperar o adversário em seu campo e aguardar uma chance de contra-ataque. Jô quase ampliou ao receber na segunda trave, mas acertou a trave.

O Sport conseguiu diminuir a diferença aos 36. Patric cruzou na segunda trave e Tréllez, livre de marcação, fez de cabeça. Sylvinho recuou o time ainda mais com as entradas de Xavier e Roni para fechar o meio campo. Os visitantes mantiveram a pressão nos minutos finais, mas o Corinthians segurou o placar.

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS 2 X 1 SPORT

CORINTHIANS - Cássio; Fagner, João Victor, Gil e Fábio Santos; Gabriel e Cantillo (Felipe); Gustavo Silva (Ramiro), Vitinho (Roni) e Mateus Vital; Jô (Xavier). Técnico: Sylvinho.

SPORT - Maílson; Rafael Thyere, Iago Maidana (Thiago Neves) e Sabino; Hayner, Marcão, Thiago Lopes (Betinho) e Victor Gabriel (Patric); Gustavo (Neilton); Paulinho Moccelin (Tréllez) e André Técnico: Umberto Louzer.

GOLS - Maidana (contra), aos 48 do primeiro tempo. Jô, aos seis, e Tréllez, aos 36 do segundo tempo.

ÁRBITRO - Paulo Roberto Alves Júnior (PR).

CARTÕES AMARELOS - Marcão e Victor Gabriel.

LOCAL - Neo Química Arena.