Banner gripe

Insatisfeito, Mancini cobra melhora de atacantes do City

Treinador italiano cobrou gols do quarteto de atacantes dos Citizens

Comentar
Compartilhar
27 NOV 201214h19

Atual campeão inglês, o Manchester City perdeu a liderança da competição 2012/2013 com o empate sem gols diante do Chelsea e a vitória do rival United. 

Embora satisfeito com a atuação de seu time, o técnico Roberto Mancini cobrou o quarteto ofensivo da equipe, que atuou no domingo diante dos Blues, mas não conseguiu vazar a meta de Petr Cech.
 
“Não sei quantas vezes cruzamos a bola na área e não tínhamos jogadores para finalizar o lance. Isto não pode acontecer. Temos quatro bons atacantes, mas eu quero que eles trabalhem mais firmemente e que marquem gols quando eles tiverem oportunidade. Eles estão lá para isto”, reclamou o treinador.
 
Kun Aguero e Edin Dzeko começaram a partida entre os titulares, mas aos 24 minutos da segunda etapa Mancini deu chance para Tevez, que fez dupla de frente com o outro argentino. 
 
Faltando cinco minutos para o final do tempo regulamentar, Balotelli (destaque na temporada passada, mas com espaço reduzido atualmente) assumiu a vaga de Aguero.
 
“Eles também precisam defender, claro, mas eles precisam criar chances. Estou feliz com a nossa performance, mas não aconteceu isso perto do gol. Estamos na segunda colocação e não estamos satisfeitos”, completou o incomodado treinador, que precisa do bicampeonato inglês, já que viu sua equipe ser eliminada ainda na primeira fase da Liga dos Campeões.

Tevez e Aguero formaram dulpa de ataque no último jogo (Foto: Dave Thompson-Associated Press-AE)

Colunas

Contraponto