Hamilton não dá chances a Vettel e fatura pole no GP da China

Seu companheiro de Mercedes, o também alemão Nico Rosberg, faturou o segundo posto, relegando o rival da Ferrari ao terceiro lugar

Comentar
Compartilhar
11 ABR 201512h34

Sebastian Vettel até tentou, mas não conseguiu alcançar Lewis Hamilton no treino classificatório do GP da China de Fórmula 1. Na madrugada deste sábado, o piloto inglês foi quase um segundo mais rápido que o alemão e garantiu a pole position. Seu companheiro de Mercedes, o também alemão Nico Rosberg, faturou o segundo posto, relegando o rival da Ferrari ao terceiro lugar. Felipe Massa vai largar em quarto e Felipe Nasr, em nono.

Com o resultado, Hamilton manteve o domínio na classificação. Ele foi pole também nas etapas da Austrália e da Malásia. Atual campeão, o inglês é o líder do campeonato e segue favorito para a corrida deste domingo, que terá início às 3 horas (horário de Brasília), no Circuito de Xangai.

O duelo deste sábado jogou água fria na expectativa da torcida de ver mais um bom resultado da Ferrari. A equipe italiana voltou a vencer na F1, na Malásia, e esquentou a briga pelo título, depois de uma temporada marcada pelo forte domínio da Mercedes. Vettel, vencedor da corrida passada, concentrava as atenções neste sábado.

Sebastian Vettel até tentou, mas não conseguiu alcançar Lewis Hamilton no treino classificatório do GP da China (Foto: Toru Takahashi/Associated Press/Estadão Conteúdo)

E ele até levantou a torcida ao cravar o melhor tempo do Q1, primeira sessão do treino classificatório. Hamilton não passara do 5º posto e Rosberg, do 8º. Mas logo a Mercedes reagiria na segunda parte do treino. Eles dominaram o Q2, deixando Vettel em terceiro e Kimi Raikkonen, companheiro do alemão na Ferrari, em quarto.

No Q3, que definiu os 10 primeiros colocados, a Mercedes voltou a surpreender ao ampliar ainda mais a vantagem sobre os demais. Com 1min35s782, Hamilton não deu chances a Vettel, que registrou 1min36s687. Rosberg foi quem esteve mais perto de desbancar o inglês, com seu 1min35s824.

Os brasileiros se destacaram em todas as sessões. Eles se mantiveram entre os dez primeiros desde o início da atividade. Felipe Massa superou a batida de sexta-feira e garantiu o quarto posto, atrás apenas da Mercedes e da Ferrari de Vettel, com quem duela para ser a segunda força no grid da F1. Valtteri Bottas, seu parceiro na Williams, vai largar em 5º.

Felipe Nasr também superou o companheiro de equipe. No duelo direto na Sauber, que mais uma vez obteve bom resultado na temporada, o brasileiro sairá em 9º, enquanto o sueco Marcus Ericsson vai largar da 10ª colocação.

A decepção deste sábado ficou por conta novamente da McLaren. Fernando Alonso e Jenson Button não conseguiram passar do Q1. O inglês obteve apenas o 17º tempo, quase quatro segundos atrás do pole Hamilton. E o espanhol foi o 18º, às vésperas de disputar sua segunda corrida do ano - ele ficou fora da primeira porque se recuperava do acidente sofrido na pré-temporada.