Guardiola se mostra preocupado com lesões no Bayern: 'A situação é muito crítica'

O último problema para o treinador foi o zagueiro Benatia, que sofreu uma lesão muscular na coxa e ficará cerca de quatro semanas fora de ação

Comentar
Compartilhar
10 ABR 201517h33

O técnico Pep Guardiola declarou nesta sexta-feira que a situação do Bayern de Munique é "muito crítica". Não pelos resultados, afinal, o time é líder disparado do Campeonato Alemão e segue na Liga dos Campeões e na Copa da Alemanha, nem por conta do elenco, um dos melhores do mundo, mas sim pelo desgaste físico dos jogadores.

O último problema para o treinador foi o zagueiro Benatia, que sofreu uma lesão muscular na coxa e ficará cerca de quatro semanas fora de ação. Ele se juntou a diversos outros nomes, sendo os mais importantes Robben, Ribéry, Schweinsteiger, Alaba e Javi Martínez, todos afastados por lesão.

Esta longa lista de desfalques causou uma situação inusitada nesta sexta-feira. No treino da manhã, Guardiola contou com somente 14 atletas saudáveis para a atividade. "A situação é crítica, muito crítica. Não sei por quanto tempo podemos viver nesta situação. Estamos cansados", disse o espanhol.

O técnico Pep Guardiola declarou nesta sexta-feira que a situação do Bayern de Munique é

A condição é ainda mais preocupante porque o time alemão inicia a disputa de quartas de final da Liga dos Campeões na próxima quarta-feira, quando visitará o Porto em Portugal. No Alemão, a situação é bem mais tranquila, já que o Bayern lidera com 10 pontos de vantagem para o segundo colocado Wolfsburg.