Geuvânio assume camisa 11 e se diz mais maduro para o Brasileirão

Agora, consolidado entre os titulares do atual campeão estadual, ao lado de craques como Robinho e Ricardo Oliveira, o Caveirinha espera reescrever sua história

Comentar
Compartilhar
10 MAI 201511h30

Geuvânio apareceu como a grande revelação do Campeonato Paulista de 2014, mas, após o vice no Estadual, o jovem atacante também perdeu espaço no Santos e teve poucas oportunidades no Campeonato Brasileiro daquele ano. Agora, consolidado entre os titulares do atual campeão estadual, ao lado de craques como Robinho e Ricardo Oliveira, o Caveirinha espera reescrever sua história na competição nacional.

“Tudo é aprendizado, estou mais maduro, mais adaptado ao campeonato Brasileiro, jeito de jogar, mais consciente do que tenho eu fazer em campo”, admitiu o próprio jogador.

Apesar de ter vivido um jejum de gols no Paulistão, Geuvânio foi decisivo ao marcar um lindo gol no clássico contra o São Paulo, válido pela semifinal do Paulista. Coincidência ou não, na ocasião, o atacante não estava com sua tradicional camisa 45. Ele vestia a 11. Agora, no Brasileirão, Geuvânio avisou que vai adotar seu novo número de forma definitiva.

No Brasileirão, Geuvânio, o Caveirinha, avisou que vai adotar o número 11 de forma definitiva (Foto: Divulgação/Santos FC)

“Vou jogar com a 11, sim. Deu sorte. É uma camisa abençoada, usada por craques como Neymar, Pepe. Fico feliz com essa oportunidade”, comentou. Questionado se o Peixe inicia o campeonato entre os favoritos ao título, o atleta pregou tranquilidade e evitou muita empolgação tão cedo.

“É difícil falar de título já na primeira rodada, mas a gente vai entrar para ser campeão, com bastante confiança no nosso trabalho. O time sabe do que é capaz”, finalizou.

Com Geuvânio em campo, o Alvinegro praiano estreia neste domingo, às 18h30 (de Brasília), contra o Avaí, no estádio da Ressacada, em Florianópolis.