Dunga não confirma a escalação do Brasil para o jogo com a França

Ele abordou o assunto ao ser questionado sobre a utilização do atacante Roberto Firmino no lugar de Diego Tardelli, lesionado, na entrevista coletiva que concedeu na véspera da partida

Comentar
Compartilhar
25 MAR 201514h09

Apesar de ter exibido um esboço da escalação da Seleção Brasileira no treinamento de terça-feira, o técnico Dunga evitou confirmar a sua formação para o amistoso contra a França, na quinta-feira. Ele abordou o assunto ao ser questionado sobre a utilização do atacante Roberto Firmino no lugar de Diego Tardelli, lesionado, na entrevista coletiva que concedeu na véspera da partida.

“Não confirmamos nada”, avisou Dunga, antes de minimizar o fato de ter mostrado o seu time titular no treinamento. “O colete é uma mera distribuição de posições. Fizemos um treino para trabalhar o balanço da defesa, a movimentação do ataque, e deixamos claro que todos têm que estar preparados para jogar”, completou.

Dunga tentou fazer mistério na véspera do amistoso da Seleção Brasileira contra a França (Foto: Rafael Ribeiro/ CBF)

Se o treinador não mexer na equipe, o Brasil enfrentará a França com a seguinte formação de linha: Danilo, Thiago Silva, Miranda e Filipe Luís; Luiz Gustavo, Fernandinho, Oscar e Willian; Neymar e Roberto Firmino.

No gol, Jefferson é o favorito a jogar, embora o treinamento de Dunga tenha aberto a possibilidade da utilização de Diego Alves.