Doyen oferece 3 milhões de euros para tirar Lucas Lima do Santos

A diretoria alvinegra negocia com representantes da empresa há cerca de três semanas e o grande interessado neste desfecho é o Porto

Comentar
Compartilhar
01 JUN 201515h47

No início do ano, Modesto Roma Jr conseguiu manter Lucas Lima na equipe depois de uma conversa com o jogador e, claro, um aumento salarial. Desta vez, porém, a tarefa será mais difícil. A Doyen Sports, grupo de investimentos maltês que financiou 80% dos direitos econômicos do atleta e o colocou no Santos em janeiro de 2014, entregou uma proposta de € 3 milhões para adquirir os 10% pertencentes ao clube da Vila Belmiro.

A diretoria alvinegra está negociando com representantes da Doyen há cerca de três semanas e o grande interessado neste desfecho é o Porto. O objetivo do grupo de investimentos é ficar com 90% dos direitos econômicos do meia e repassá-lo ao time português já no meio do ano. Os outros 10% do jogador são de posse da empresa Khodor Soccer, de propriedade do empresário de Lucas Lima, Edson Khodor.

Em janeiro, o Peixe comprou sua fatia de 10% junto ao Internacional de Porto Alegre por cerca de € 350 mil. Em cinco meses, o lucro com a negociação já é certo, no entanto, o Santos não está facilitando as coisas. O alvinegro deseja ficar com Lucas Lima ao menos até dezembro e quer subir a oferta apresentada.

Lucas Lima é titular absoluto, conquistou um título Paulista e é o líder de passes certos no Campeonato Brasileiro (Foto: Ricard Saibun/SFC)

Por outro lado, a Doyen entende que € 3 milhões por 10% é mais que razoável, já que seria equivalente a uma venda total por € 30 milhões. O grupo não deve subir a oferta e está otimista em obter sucesso, principalmente por causa do interesse de Lucas Lima. O camisa 20 já deixou claro que sonha em jogar na Europa e deve reiterar seu desejo de sair nesta janela de transferências de meio de ano à diretoria santista. Em Portugal, o período de registro das contratações é de julho à 1º de setembro.

Vale lembrar que quando se acertou com o Santos para tirar Lucas Lima do Inter, a Doyen pagou R$ 5,5 milhões pelos 80% do jogador. E ficou acordado que o Peixe terá direito a 20% do lucro deste percentual em uma futura venda. Caso haja prejuízo no contrato válido até dezembro de 2017, o Santos será obrigado a ressarcir o grupo de investimentos.

No meio campo alvinegro, Lucas Lima é titular absoluto, conquistou um título Paulista e é o líder de passes certos no Campeonato Brasileiro.