De olho em Diogo e Ibson, Palmeiras tenta concluir elenco até sexta

O Palmeiras tem até terça-feira para enviar à Conmebol os 25 inscritos para a Libertadores.

Comentar
Compartilhar
06 FEV 201321h13

O Palmeiras tem até terça-feira para enviar à Conmebol os 25 inscritos para a Libertadores, podendo trocar alguém só ao final da fase de grupos. Como terça-feira é Carnaval, o diretor executivo José Carlos Brunoro corre atrás de contratações até sexta-feira. E tem na lista de opções o meia Ibson, do Flamengo, e o atacante Diogo, ex-Flamengo, Portuguesa e Santos.

Entre ambos, a situação mais distante é a de Diogo, que tenta rescindir seu contrato com o Olympiakos, da Grécia. “O Diogo está em uma relação de nomes, mas ainda nem começamos a negociação”, comentou Brunoro, ainda sem descartar o atacante, já que viria tendo só os salários como custo, da forma como exige o presidente Paulo Nobre.

Em relação a Ibson, o acerto ainda não saiu porque o jogador se destacou na vitória do Flamengo sobre o Vasco na quinta-feira passada. “O Ibson foi uma situação que clareou, mas fez um superjogo contra o Vasco e aí escureceu. Estamos vendo está a sua disposição agora”, disse Brunoro, recusando-se, porém, a esperar demais pelo meio-campista.

Agora, a prioridade é por zagueiros, um lateral esquerdo e um atacante, embora a diretoria considere importante ter cada vez mais opções no meio-campo por considerar o setor muito vulnerável a suspensões e contusões ao longo da temporada – o Verdão disputa o Paulista, a Libertadores, a Copa do Brasil e a Série B do Brasileiro neste ano.

O atacante Diogo, do Olympiakos, e o meia Ibson, do Flamengo são opções cogitadas para a Libertadores (Fotos: Divulgação)

“Estou preocupado com essa data da Libertadores. Tentamos fazer as contratações até sexta-feira por causa do Carnaval”, falou Brunoro. “Estamos correndo, com reuniões todos os dias, tentando alguma coisa para a zaga e mais um atacante também. Não sei se vai dar tempo, mas estamos correndo para burro. O torcedor pode esperar, pelo menos, mais dois ou três nesta semana.”

Até agora, na terceira semana da gestão de Nobre, o Palmeiras contratou os volantes Marcelo Oliveira e Charles, vindo do Cruzeiro na troca por Luan, e o meia Ronny, que estava no Figueirense, além de já ter acertado com o atacante Kleber, que estava no Porto – a oficialização ainda depende de detalhes burocráticos.

A preocupação é em aumentar o elenco e diminuir a pressão sobre os jogadores que levaram o time às semifinais da Copa São Paulo de Futebol Júnior deste ano. “Estamos analisando com calma os jogadores da Copa São Paulo. Todos têm seu momento para ser lançado”, ponderou Brunoro.