Com choro do treinador, Costa Rica recebe maior honraria de Santos

Jorge Luiz Pinto, muito emocionado, agradeceu aos santistas o carinho recebido durante a disputa da Copa do Mundo. A Seleção Costarriquenha se despede do Brasil na madrugada desta terça-feira

Comentar
Compartilhar
07 JUL 201420h20

A comissão técnica da seleção da Costa Rica recebeu na noite desta segunda-feira (7), das mãos do prefeito Paulo Alexandre Barbosa (PSDB), a maior honraria da Cidade, a Medalha e Diploma de Mérito José Bonifácio de Andrada e Silva. O ponto alto da cerimônia foi o choro do técnico Jorge Luis Pinto, que, muito emocionado, agradeceu aos santistas o carinho recebido durante a disputa da Copa do Mundo.

"Estou muito agradecido pelo carinho, apoio e respaldo. Foi como estar em casa. Nunca vou esquecer Santos", disse o treinador.

O prefeito recordou todos os momentos ao lado dos costarriquenhos, desde o firmamento da parceria, ainda na Costa Rica, até o fim da participação dos 'Ticos' no Mundial.

"Hoje é um dia muito importante e de muita alegria para Santos. Foi uma parceria que foi muito importante para a nossa Cidade. Um encontro de culturas e costumes. A Costa Rica passou a fazer parte da vida dos santistas, e eu não tenho dúvidas de que Santos passou a fazer parte da vida dos costarriquenhos. Os laços deixados por essa parceria serão eternos".

Jorge Luis Pinto se emocionou durante o agradecimento à Cidade (Foto: Luiz Torres/DL)

O mandatário da Federação Costarriquenha de Futebol, Eduardo Li Sánchez, também agradeceu ao prêmio recebido por parte da Prefeitura de Santos e a recepção que receberam na Cidade.

"Estamos muito orgulhosos de conseguir a maior honraria da Cidade. O carinho do povo de Santos foi incrível. Não teríamos como pagar o afeto com que fomos recebidos. Estamos realmente muito orgulhosos".

A comissão técnica recebeu uma miniatura e uma camisa do Museu Pelé, autografada pelo Rei do Futebol. Em troca, a Prefeitura de Santos recebeu uma flâmula da Federação Costarriquenha de Futebol.

Após a melhor participação em Copas do Mundo, sendo eliminada nas quartas de final pela Holanda, a Seleção Costarriquenha se despede do Brasil na madrugada desta terça-feira (8).

A delegação costarriquenha recebendo a honraria do prefeito Paulo Alexandre Barbosa (Foto: Luiz Torres/DL)