IC-Br sobe 2,73% em novembro, informa o BC

O recorde na série histórica segue com a pontuação de agosto, quando estava em 142,27 pontos. De outubro para novembro, o índice passou de 134,56 pontos para 138,24 pontos

Comentar
Compartilhar
04 DEZ 201316h03

O Índice de Commodities do Banco Central (IC-Br) registrou alta de 2,73% no mês de novembro em relação a outubro, informou o banco nesta quarta-feira, 4. Após quatro meses seguidos de elevação, o indicador havia revertiro a direção recuando em setembro (-2,82%) e em outubro (2,67%).

O recorde do IC-Br na série histórica segue com a pontuação de agosto, quando estava em 142,27 pontos. De outubro para novembro, o índice passou de 134,56 pontos para 138,24 pontos. Em agosto ante julho, o avanço foi de 3,77%; em julho ante junho, de 2,27% e, em junho ante maio, a alta havia sido de 5,34%. Em maio ante abril, o índice subiu 0,55%. No ano, o índice do BC acumula baixa de 0,61% e, em 12 meses, alta de 2,09%.

No mês passado, houve alta de 2,34% no segmento agropecuário, que inclui itens como carne de boi, óleo de soja, trigo, açúcar, milho, café, arroz e carne de porco, entre outros. O grupo energia registrou elevação de 3,32% na comparação mensal. Nesse segmento, estão incluídos preços de petróleo, gás natural e carvão. O preço de metais, entre eles alumínio e minério de ferro, tiveram avanço de 3,88% na mesma comparação.

O Índice de Commodities do Banco Central (IC-Br) registrou alta de 2,73% no mês de novembro em relação a outubro, informou o banco nesta quarta-feira, 4 (Foto: Divulgação)