X
OCUPAÇÃO MIRADA

Universo indígena brasileiro ganha plataforma digital de teatro

A plataforma será 100% gratuita e contará com espetáculos nacionais e internacionais

A ideia da TePi é se tornar em um pilar da cultura indígena que deverá receber conteúdo de forma ininterrupta / Divulgação

O terceiro dia da Ocupação Mirada 2021, que contará com apresentações teatrais com a presença de público em Santos, será palco do lançamento da TePi, plataforma que reúne a produção teatral baseada no Festival Teatro e os Povos Indígenas, Encontros de Resistência.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

Liderada pela diretora artística Andreia Duarte, em parceria e co-curadoria com o ambientalista e filósofo Ailton Krenak, o conteúdo se desdobrará em outras ações, como peças e mesa de debate.

A plataforma será 100% gratuita e contará com espetáculos nacionais e internacionais. Peças de teatro à parte, o TePi também terá encontros com artistas indígenas e também não indígenas para debater sobre diversos assuntos.

A previsão inicial é de que mais de 50 conteúdos diferentes, em vários formatos, sejam lançados até o fim do primeiro trimestre do ano que vem.

Destas, duas obras ligadas ao fazer teatral dos povos originários e que estabelecem relação com o lançamento da plataforma TePi estão na programação: Ino Moxo, do Grupo Íntegro, do Peru - que trata de uma aventura pela Amazônia em busca de um lendário shaman da ayahuasca - e Trewa, do KIMVN Teatro, teatro documental das raízes do povo Mapuche do Chile. A diretora deste espetáculo, Paula González Seguel, participa de uma das mesas que integram a programação, "Teatralidades e Povos Indígenas".

A ideia da TePi é se tornar em um pilar da cultura indígena que deverá receber conteúdo de forma ininterrupta. O lançamento ocorrerá no dia 26 de novembro.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Mundo

Professor usa plataforma pornô para dar aulas de matemática

O taiwanês trabalhava há tempos no mercado de cursinhos, um ramo milionário em uma região marcada pela competitividade no ambiente educacional

Cotidiano

Semana terá clima maluco, por isso, leve guarda-chuva, protetor solar, casaco, para-raio e um bote

Clima indeciso marcará últimos dias de novembro

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software