X
Cultura

Mirada volta a Santos com público

Evento internacional acontece de forma híbrida, com apresentações presenciais em Santos e peças transmitidas pela web

Sueño, livre adaptação de "Sonho de uma Noite de Verão", de Shakespeare, de Newton Moreno. / JOÃO CALDAS/DIVULGAÇÃO

Após ter passado um ano 'em branco', o Sesc SP realiza entre quarta (24) e domingo (28) o Ocupação Mirada 2021. Entre as cidades que receberão espetáculos presenciais, destaque para Santos, que contará com duas apresentações com a participação de público e que serão transmitidas para toda a América Latina pela internet.

A programação foi especialmente idealizada para o momento de retomada entre as edições do Mirada - Festival Ibero-americano de Artes Cênicas, evento bienal organizado pela instituição, tradicionalmente reunindo espetáculos da América Latina, Portugal e Espanha. Este ano o formato será híbrido, com sessões presenciais e dezenas de atrações on-line, entre peças, mesas de conversas, ações formativas, processos de criação e mostras do acervo digital do Sesc SP.

Após cinco edições e dez anos de existência, o Mirada - Festival Ibero-Americano de Artes Cênicas não teve sua realização em 2020 devido à crise sanitária.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram e mantenha-se bem informado.

"A Ocupação Mirada 2021 recorre a um formato híbrido entre presencial e on-line com ações que dão continuidade à trajetória do Festival, como parte de sua memória e de seus novos frutos, que conjugam experiências adquiridas tanto por criadores quanto por espectadores ao longo deste período", afirma Danilo Santos de Miranda, diretor do Sesc São Paulo.

Ao todo, são 23 espetáculos, entre 11 com horários de estreia determinados e outros 12 disponíveis 'on demand' durante todo o período da programação. Dois deles são apresentados a partir de Santos, com presença de público. A programação completa pode ser acessada em www.sescsp.org.br/mirada.

ESPETÁCULOS PRESENCIAIS

O primeiro deles, Sem Palavras, de autoria de Marcio Abreu com a companhia brasileira de teatro, abre a Ocupação Mirada com sessões nos dias 24 e 25 de novembro, no teatro do Sesc Santos. É a estreia do espetáculo em território brasileiro, depois de passar por festivais internacionais na França e Alemanha.

Já a outra montagem, Sueño, livre adaptação de "Sonho de uma Noite de Verão", de Shakespeare, de Newton Moreno, será encenada no Centro Esportivo e Recreativo Rebouças, nos dias 26 e 27 de novembro, em um espaço ao ar livre preparado especialmente para receber a peça, no contexto latino-americano.

Além dos espetáculos, a Ocupação Mirada 2021 reserva boa parte da programação para a reflexão sobre a produção cênica atual e alguns apontamentos para onde elas seguirão.

Para isso, estão no calendário quatro mesas de conversas on-line, com transmissão nas redes do Sesc SP. São elas: "Desafios e Perspectivas da Ação Cultural", com Danilo Miranda, Carmen Romero (Chile), Otávio Arbelaez (Colômbia) e Gonçalo Amorim (Portugal); "Percursos Criativos", com Alexandre Dal Farra, Marcio Abreu (Brasil), Guillermo Calderón (Chile) e Patrícia Portela (Portugal); "Teatralidades e Povos Indígenas", com Ailton Krenak, Paula González Seguel (Chile) e Andreia Duarte; e "Corpo Político e Presencialidades", com Diana Daf Collazos (Peru), Cleo Tavares (Cabo Verde), Isabel Zuaa (Portugal), Nádia Yracema (Angola).

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Mongaguá

62 anos de Mongaguá: Uma cidade que vai muito além das praias

Além dos seus 13 quilômetros de praias, Mongaguá se destaca por locais de belezas naturais e de pesca esportiva

Mongaguá

62 anos de Mongaguá: “O principal desafio é continuar o trabalho e devolver a autoestima ao morador”

“A ideia é ter uma cidade diferente e que as pessoas tenham mais dignidade e oportunidade”, destaca prefeito

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software