Secretaria de Cultura e Turismo faz programação paralela

É a primeira vez que Praia Grande recebe a Virada Cultural Paulista, nos dias 22 e 23

Comentar
Compartilhar
18 JAN 201311h13

A maratona acontece no Palácio das Artes. Para o secretário de Cultura e Turismo do Município, Carlos Ananias Lobão, a inclusão de Praia Grande na Virada Cultural é mais um dos frutos que a Cidade vem colhendo desde a inauguração do Palácio das Artes.

“Desde setembro de 2008, quando nosso complexo cultural foi inaugurado, a Cidade vem colhendo muitos frutos. Já despertamos a atenção de instituições renomadas como Pinacoteca do Estado e Instituto Tomie Ohtake, e nos posicionamos entre os 12 maiores espaços expositivos do Estado. A vinda da Virada Cultural à Praia Grande só vem premiar nossa população, que mostrou que em Praia Grande há sim público para um centro cultural desse porte”, afirmou o secretário.

Virada Cultural

Virada Cultural Paulista é o maior evento cultural do interior e litoral de São Paulo. Inspirada na Virada Cultural da Capital, criada na gestão do prefeito José Serra, o evento foi lançado em 2007 em dez cidades, que receberam 381 atrações.

Em 2008, mais de 740 mil pessoas compareceram à Virada em 19 municípios e puderam conferir 476 espetáculos. Na edição de 2009, o público presente nas 20 cidades ultrapassou a marca de um milhão de pessoas, que conferiram mais de 560 atrações. Para 2010, a expectativa é que 1,5 milhão de pessoas participe do evento em 29 cidades, que contarão, ao todo, com mais de 700 espetáculos.

Confira a programação em Praia Grande:
Virada Cultural Paulista
Dias 22 e 23 de maio
Palácio das Artes
Av. Pres. Costa e Silva, 1600 – Praia Grande
Informações: 3496-5715

Dia 22

18 horas - Zeila Trevisan (grafitti)
Artista plástica e urbana, seu trabalho possui forte influência da arte rupestre e do universo infantil. Participou de diversas mostras na cidade de São Paulo e também realizou exposições na Bahia, Espírito Santo, Brasília, Paraná e Pernambuco. No exterior, seu trabalho esteve presente em Los Angeles (EUA), Londres (Inglaterra), Colônia (Alemanha) e diversas cidades da França.

18 horas - Queen Sinfônico (Música)
Composto por dois grupos:

1) Banda Sinfônica de Cubatão: sob regência do Maestro Marcos Sadao Shirakawa, com 80 músicos, que se dedicam à difusão do repertório original para sopros e percussão, percorrendo os mais diferentes estilos musicais. Com repertório diversificado, a cada ano apresenta espetáculos diferentes, promovendo a aproximação com artistas como a cantora lírica Liriel, Osvaldinho do Acordeon, Thobias da Vai-Vai, como outras expressões artísticas locais como Escolas de Samba de Cubatão (Nações Unidas e Nove de Abril). Entre suas grandes produções, destacam-se os espetáculos em parceria com a Companhia de Dança, como “Scheherazade”, “Musicais da Broadway”, “Tributo a Simonal e Taiguara”.

Nessa linha seguem-se outras realizações como “O Grande Circo Místico”, “Cartoons” e “Queen Sinfônico”. Participou de importantes eventos como Festival de Inverno de Campos do Jordão, Encontro Sul-Americano de Compositores, Arranjadores e Regentes de Bandas Sinfônicas e Coreto Paulista. Apresentou-se em espaços privilegiados como Teatro Sérgio Cardoso, Memorial da América Latina e Sala São Paulo. Entre seus convidados, destacam-se os maestros Laszlo Marosi (Hungria) e o Jan Van Der Roost (Bélgica) que contribuíram para a valorização do potencial artístico do grupo.

2) Coral Municipal Zanzalá de Cubatão: iniciou suas atividades em setembro de 1993, contando então com 28 integrantes, com a intenção de divulgar a música coral no Município e região. Sua primeira audição aconteceu na Semana da Música de Cubatão, em 22 de setembro de 1993. O nome “Zanzalá” foi extraído da obra de Afonso Schmidt, e quer dizer “Flor de Deus”. O repertório do Coral Zanzalá é variado, com ênfase na MPB, cantando músicas de grandes compositores brasileiros, como Tom Jobim, Chico Buarque, Gilberto Gil, Noel Rosa, Ary Barroso, e outros. O coral conta com 70 integrantes e atualmente é regido por Maria Fernanda dos Santos Tavares.

20 horas - Dani Varini (Música)
Dani Varani é cantora e compositora há 17 anos, com 2 CDs gravados um voz e violão e outro cheio. Em breve lançará o terceiro totalmente inédito. O CD ainda contará com comentários de um crítico musical maravilhoso e consagrado: Nelson Motta. (Nelson Motta diz que Dani Varani veio para preencher o vazio que nossa querida Cássia Eller deixou, e será a melhor voz do pop rock nacional).

20h30 - Pelada na rua - Alexandre Roit (teatro)
A proposta do espetáculo é revelar ao mundo uma grande descoberta: o método que irá transformar um cidadão comum, no maior jogador do mundo. Da platéia são convocados todos os personagens para que aconteça essa ‘Pelada na Rua’: o artilheiro, o goleiro, e até as traves. Números de técnicas de circo, como malabares e rola-rola colaboram para um ritmo divertido e incomum do espetáculo, onde o público tem participação irrevogável no resultado final.

21horas - Afrodizia
Um dos maiores representantes do reggae nacional no exterior, o Afrodizia em seus 11 anos de carreira tem conquistado o público e a crítica com um reggae diferenciado e originalmente brasileiro. Com duas turnês européias e CDs lançados por todo o País, Europa e América Latina, o Afrodizia tem a benção e apadrinhamento de ninguém menos que The Original Wailers, responsáveis pela produção de seu próximo CD.

22h30 - Cachorrada do blues (música)
A banda foi formada em 6 de junho de 1997, cercada pelo mar e a Mata Atlântica, sob influências do Rock, Soul, Blues e Folk que cada integrante trouxe em sua bagagem. Criou uma identidade fusion, despertando em seu público a essência de várias tendências musicais, resgatando obras de vários artistas que originaram a história da música mundial e viveram um estilo de vida único, o blues.

0 hora - Bruna Caram
Bruna Caram tem senso de humor e escreve muito bem. É musical e dona de uma bela voz educada, respira nas regras da arte. Tem 22 anos e toda a graça e frescor da juventude, o que pode encantar o público masculino e já fez Hebe Camargo carimbar seu indefectível “gracinha!”.

Dia 23

14 horas - Caiçaras do Acaraú e Grupo de Dança Vida Feliz de Cananéia, organizado pelo casal de fandangueiros Elvaristo Paiva e Cleusa dos Reis e sob o comando do mestre rabequeiro Ângelo Ramos, os grupos Caiçaras do Acaraú e Vida Feliz mantêm viva a cultura do povo caiçara na cidade de Cananéia (litoral Sul de São Paulo). Foi a primeira iniciativa dentro da Cidade que conseguiu reunir os mestres tocadores e os mestres marcadores do fandango batido (sapateado). Os grupos também são responsáveis pela tradição da Reiada (folia de Reis), festa de cunho religioso que ocorre entre os dias 25 de dezembro e 6 de janeiro.

15h30 - Maxixe Machine
Formado em 1995, pelos músicos do Beijo AA Força, o Maxixe Machine ganhou terreno e passou a tocar em cafés da Cidade. Acentuando sua pegada meio punk e adquirindo experiência até mesmo em sambas antigos, de compositores consagrados como Noel, Assis Valente, Lamartine e Geraldo Pereira. No repertório do Maxixe Machine, sambas antigos mesclados por sambas novos e composições próprias com a personalidade de quem veio do punk rock, contando com o apelo do som popular.

17 horas - Izzy Gordon
Izzy cresceu ouvindo jazz e bossa. De família musical, a cantora paulista, filha de Dave Gordon e sobrinha de Dolores Duran, conviveu ouvindo e vendo em sua casa, nomes como Jair Rodrigues, Tim Maia, César Camargo Mariano, Rita Lee, Wilson Simonal, Cassiano, Marisa Gata Manso e muitos outros, que, de repente, apareciam em sua casa com seu pai, para conversas e jam sessions no piano que ela estudava.

Programação Paralela

A Secretaria de Cultura e Turismo organiza uma programação paralela à da Virada Cultural Paulista, oferecida pela Secretaria de Estado da Cultura. O objetivo é enriquecer o evento com apresentações de artistas da região. Todos os eventos são gratuitos e acontecem também no Palácio das Artes.

Dia 22

14 horas - Lino Yapura Huaman – Flauta Instrumental
14h30 - “Aquarela” – Teatro Infantil
15 horas - "O Grimoire dos Vampiros" - Teatro infantil
16 horas - Seduc In Concert
17 horas - "Malana Tchais" - Pop Rock
Das 14 às 18 horas - Ong Assereco – Meio Ambiente
Maratona de Fotografia
0 hora – City Tour By Night

Dia 23

1h30 – Cine Trash
13 horas – Chorando de Novo (Choro e Samba)
15 horas – The Pícaros (Música Vanguarda)
16h30 – Patinação Artística (Aynara Likiane Pezzud)
18 horas – Prefixo 13 - Hip Hop In Concert
21 horas – Pop Crazy (dança)
Das 14 às 18 horas – Ong Assereco – Meio Ambiente
Caricaturas – RC Stúdio