Tenente Coimbra solicita ao governador isenção de cobrança no pedágio Humaitá-São Vicente

Trecho está sendo utilizado pela população em razão da interdição da Ponte dos Barreiros

Comentar
Compartilhar
30 NOV 2019Por Da Reportagem19h32
Interdição da Ponte dos Barreiros foi determinada pela Justiça devido ao grande risco de desabamento.Foto: DIVULGAÇÃO

O deputado estadual Tenente Coimbra protocolou, na tarde desta sexta-feira (29/11), uma solicitação de isenção ao governador João Doria, para que não exista a cobrança do pedágio do km 280 da Rodovia Padre Manoel da Nóbrega, da rota Humaitá – São Vicente. O trecho está sendo utilizado pela população em razão da interdição da Ponte dos Barreiros, determinada pela Justiça devido ao grande risco de desabamento.

“Não é justo que devido à paralisação da Ponte dos Barreiros e ao descaso de governos anteriores, a população seja prejudicada e tenha que dar grandes voltas para acessar a área insular ou tenha que pagar por este pedágio”, afirmou o Tenente Coimbra. 

“Esperamos que o governo do Estado tenha sensibilidade e aceite o nosso pedido porque, mesmo quando começarem as obras da ponte, elas vão demorar e precisamos diminuir o prejuízo da população local”, completou o parlamentar.

O deputado informou que indicou na Lei Orçamentária Anual uma emenda de R$10 milhões para a reforma da ponte. “Conte com a gente nesta luta, a população não pode ficar desamparada”, pontuou.