Polícia dinamarquesa prende mais um suspeito de terrorismo

A prisão foi resultado de uma busca em cinco residências, a segunda operação do tipo nesta semana. Na terça-feira (17), oito casas foram revistadas

Comentar
Compartilhar
19 MAR 201518h34

A polícia de Copenhague prendeu provisoriamente hoje (19) mais um suspeito de envolvimento nos atentados terroristas que chocaram a capital dinamarquesa nos dias 14 e 15 de fevereiro. A prisão foi resultado de uma busca em cinco residências, a segunda operação do tipo nesta semana. Na terça-feira (17), oito casas foram revistadas.

O homem detido é acusado de ajudar o autor dos atentados, Omar El Hussein. Desde o início das investigações, três pessoas foram presas sob suspeita de envolvimento no crime, entre elas, o irmão de El Hussein. Em nota, a polícia informou que continuará as investigações em busca de mais evidências de atividades terroristas.

O dinamarquês El Hussein, de origem palestina, invadiu um café no dia 14 de fevereiro atirando contra os participantes de um evento sobre liberdade de expressão. O cineasta  Finn Norgaard, de 55 anos, foi atingido e morreu na hora.

Na madrugada do dia 15 de fevereiro, novos disparos foram feitos em frente a principal sinagoga de Copenhague, em Krystalgade, matando o segurança Dan Uzan, de 37 anos. Horas depois de cometer os dois atentados, El Hussein foi perseguido e morto pela polícia.