Ouvidoria de Praia Grande registra mais de 1700 manifestações em junho

Durante o segundo trimestre foram mais de 4.600 contatos

Comentar
Compartilhar
02 JUL 201415h59

A Ouvidoria de Praia Grande registrou no mês de junho mais de 1700 contatos. O meio mais utilizado pela população foi o telefone, com 699 ligações, seguido pela internet com 489 entradas. No total foram registradas durante o segundo trimestre deste ano, mais de 4.600 manifestações, sendo que 48% já foram atendidas.

A Maioria dos contatos do trimestre é de solicitação (3.312), em seguida está a reclamação (725), a denúncia (369) e a informação (166). Há ainda registros de sugestões e elogios que superam os 110 atendimentos.

A auxiliar de cartório, Sandra Regina Cravo Paulo, moradora do bairro Sítio do Campo, ligou para ouvidoria para elogiar o atendimento. “Tive um problema na minha calçada e liguei na Sabesp. Eles me indicaram entrar em contato com a Ouvidoria da Prefeitura e foi o que fiz. A equipe esteve aqui, realizou o serviço com muito capricho e resolveu o problema. Liguei de volta para agradecer porque quando tem que criticar a gente critica, mas é preciso também saber elogiar”, disse.

Esse canal de comunicação da Administração Municipal com o cidadão atende através da linha gratuita 162 para quem realiza ligação local, de telefone fixo. Para fazer ligações de celular e de outras cidades, o número é 3495-1527. Pela internet, o acesso é feito pelo portal da prefeitura: www.praiagrande.sp.gov.br .

No total foram registradas durante o segundo trimestre deste ano, mais de 4.600 manifestações, sendo que 48% já foram atendidas (Foto: Divulgação)

Para facilitar o contato da população, a Ouvidoria de Praia Grande também disponibiliza um aplicativo. Disponível em sistema Android, o Ouvidoria Praia Grande pode ser baixado gratuitamente em smartphone (celular) e tablet. Em breve estará acessível também para IOS.

De competência da Secretaria de Governo, a Ouvidoria tem o atendimento telefônico de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 17h30, e o site e o aplicativo estão disponíveis 24 horas.

Para garantir a qualidade no atendimento, foi montada uma Central Telefônica, com profissionais devidamente qualificados para atender as ligações e encaminhar as demandas para os órgãos competentes. 

O cidadão que acionar a Ouvidoria deverá se identificar, mas quando necessário é possível manter sigilo dos dados pessoais. É preciso informar nome completo, CPF ou CNPJ, e-mail, telefone e endereço, além da reclamação, sugestão ou solicitação, de forma clara, contendo informação sobre o local, fato e data do ocorrido.

A Guarda Civil Municipal (GCM) e a Secretaria de Saúde Pública (Sesap) continuam com os sistemas de Ouvidoria, exigidos pela legislação, atendendo respectivamente nos telefones 0800-7714540 (GCM) e 0800-7733020 (Sesap).