Novo sistema nos chuveiros da orla vai combater desperdício

A partir da implantação de dispositivos eletrônicos, os equipamentos terão o fluxo de água interrompido entre 23h e 5h.

Comentar
Compartilhar
02 JAN 201320h36

Uma parceria entre prefeitura e Sabesp vai alterar o sistema de fornecimento de água dos 47 chuveiros instalados na orla de Santos. O objetivo é evitar desperdícios. A partir da implantação de dispositivos eletrônicos, os equipamentos terão o fluxo do líquido interrompido entre 23h e 5h.

Segundo a Seserp (Secretaria de Serviços Públicos), já existe um equipamento que opera com o novo sistema em caráter experimental no Posto 3, ao lado do laboratório da Semam (Secretaria de Meio Ambiente), na praia do Gonzaga. “A economia de água nesse ponto foi de 60%”, disse o  gerente Regional da Sabesp, engenheiro Sérgio Bekerman. “Verificamos que durante a noite e a madrugada havia muito desperdício por conta da ação de vândalos”. O segundo equipamento está em instalação na praia da Aparecida, na altura da Fonte do Sapo. 

A Seserp fará a instalação dos equipamentos, junto aos cavaletes de água de cada terminal (que tem quatro saídas), enquanto a Sabesp ficará responsável pela parte hidráulica. Há possibilidade de alterar o horário do fornecimento, se houver necessidade. 

Para o vendedor Fábio Cardin, 32 anos, a medida é positiva. “Nada mais justo, porque à noite a quantidade de pessoas na praia é bem menor e a economia de água vai beneficiar a todos”. A dona de casa Andrea Muradian Cundari, 40, também aprovou a iniciativa. “Se for para fazer economia de água é uma boa ideia”.

Ao todo, são 47 chuveiros instalados na orla da praia de Santos (Foto: Divulgação)