Festa da virada reúne milhares na orla da praia de Santos

Até o tempo ajudou, já que sem chuva a atração ficou ainda melhor. O show iluminou toda a extensão da praia.

Comentar
Compartilhar
01 JAN 201323h16

A praia foi o cenário escolhido por milhares de santistas e turistas para receber 2013. Quem se dirigiu à orla foi premiado com um grande espetáculo de luzes e cores proporcionado pelas 30 toneladas de fogos de artifício usados na festa.

Até o tempo ajudou, já que sem chuva a atração ficou ainda melhor. O show iluminou toda a extensão da praia. Seis balsas distribuídas pela baía de Santos e outros dois pontos em terra, no emissário submarino e na Fortaleza da Barra, lançavam os fogos dando ao público uma visão total da festa. O espetáculo durou 15 minutos e durante esse tempo o céu foi colorido por formas geométricas de corações e bolas gigantes multicores.

Muita gente chegou cedo para guardar um lugar no calçadão e conferir os fogos de perto. "Já virou tradição assistir este espetáculo, tanto que não viajo no Ano-Novo para estar aqui. Não são todos que têm esse privilégio e por isso faço questão de prestigiar e trazer meus amigos", disse Maria Egídia Tavares da Silva, que mora no Embaré.

Muitas famílias também aproveitaram a festa. José Cícero dos Santos, morador do Macuco, levou a esposa e os filhos Natan, de 10 meses, e Jonatan, de 9 anos. Para garantir um lugar especial, ele chegou por volta das 22h. "Gostamos demais dessa festa, é muito animado e tem um clima bem familiar". O filho mais velho, estava ansioso pela queima de fogos. "É muito bonito e divertido ver as explosões no céu".

Outra que estava animada era a estudante Fernanda Rodrigues Matsumoto, de 10 anos, que também participou da festa da virada com a família. "Os fogos são muito legais e coloridos, e a festa muito legal".

Faltando um minuto para fechar o ano, as luzes da faixa de areia foram desligadas e a ansiedade tomou conta do público. À meia-noite, o céu brilhou com os fogos saudando 2013.

Além da orla, houve queima de fogos nos morros São Bento (Chapadão do Cruzeiro), Vila Progresso, Ilhéu Alto (zona noroeste), além dos bairros de Ilha Diana, Monte Cabrão e Caruara, na área continental.

À meia-noite, o céu brilhou com os fogos saldando 2013 (Foto: Divulgação)

Mais festa

Depois da queima de fogos, as cinco tendas montadas pela prefeitura na orla ficaram lotadas. Ao som dos mais variados ritmos, os músicos puseram o público para dançar até as 2h da manhã. Tradicionais marchinhas de Carnaval deram o tom da festa. 

Um dos locais mais animados era a tenda localizada em frente à rua Oswaldo Cochrane, no Embaré, onde a banda Ribeiros Vocal & Harmonia se apresentou. "Gosto de vir dançar e encontrar minhas amigas. Já virou nosso ponto de encontro", disse a estudante Gabriella Vieira Fonseca, 13 anos. Ela estava acompanhada da família e da irmã caçula, Maria Eduarda, de 7 anos. "Os fogos foram legais, mas gosto mesmo é das músicas e de dançar na tenda".

Muitos idosos também foram festejar nas tendas, prova de que a alegria não tem idade. Quem o diga dona Nair Gomes, de 78 anos. Com energia e disposição de darem inveja aos mais jovens ela dançava sem parar. "Sempre fui de fazer festa e nas tendas posso me divertir e fazer o que mais gosto que é dançar".

Além da tenda do Embaré, houve shows da banda Musikroma, na tenda da Pompeia (próxima ao Posto 2), Brazil com Z, no Gonzaga (proximidades da rua Carlos Afonseca), Gioavana Mari & Banda, no Boqueirão (proximidades da avenida Conselheiro Nébias) e Luis Romano & Cia., na Aparecida (diante da escola Escolástica Rosa).