Governo SP

Muretas de artistas plásticos de volta aos jardins da Orla

conta com uma novidade – duas das dez esculturas, posicionadas no José Menino e Aparecida, formam o nome da cidade e trazem o formato das muretas no lugar da ­letra o

Comentar
Compartilhar
19 OUT 2017Por Da Reportagem12h01
A segunda edição do projeto de muretas customizadas na Orla foi inaugurada no início da noite de ontem na Concha AcústicaFoto: Rodrigo Montaldi/DL

A segunda edição do projeto de muretas customizadas na Orla foi inaugurada no início da noite de ontem na Concha Acústica.

A nova etapa conta com uma novidade – duas das dez esculturas, posicionadas no José Menino e Aparecida, formam o nome da cidade e trazem o formato das muretas no lugar da ­letra o.

Dez artistas plásticos mostram sua técnica e sensibilidade na customização das esculturas, que reproduzem um dos mais famosos símbolos de Santos.

“Há artistas novos e outros há muito tempo na estrada”, comentou o designer e cenógrafo Mauriomar Cid, idealizador do projeto Muretas na Cidade, em parceria com a Setur (Secretaria de Turismo). O apoio institucional é do restaurante Hiná Fish e Lounge e da Cervejaria Burgman.

Antes de efetuar o convite aos artistas plásticos para a iniciativa, que integra a programação da Primavera Criativa, ele observou trabalhos durante meses, inclusive alguns de pequenas ­dimensões.

“Gosto de pessoas com arte e estilo bem diferentes, criando uma verdadeira colcha de retalhos, o que desperta mais interesse e garante mais vibração.”

A receptividade do público na primeira edição do projeto motivou o designer a preparar uma nova versão.

“Em 2015, as esculturas ficariam expostas ­apenas um mês, mas permaneceram quase um ano na orla. E mesmo ­assim, quando foram ­retiradas, houve reclamação”, ­afirmou o ­idealizador. 

Colunas

Contraponto