Muretas de artistas plásticos de volta aos jardins da Orla

conta com uma novidade – duas das dez esculturas, posicionadas no José Menino e Aparecida, formam o nome da cidade e trazem o formato das muretas no lugar da ­letra o

Comentar
Compartilhar
19 OUT 2017Por Da Reportagem12h01
A segunda edição do projeto de muretas customizadas na Orla foi inaugurada no início da noite de ontem na Concha AcústicaA segunda edição do projeto de muretas customizadas na Orla foi inaugurada no início da noite de ontem na Concha AcústicaFoto: Rodrigo Montaldi/DL

A segunda edição do projeto de muretas customizadas na Orla foi inaugurada no início da noite de ontem na Concha Acústica.

A nova etapa conta com uma novidade – duas das dez esculturas, posicionadas no José Menino e Aparecida, formam o nome da cidade e trazem o formato das muretas no lugar da ­letra o.

Dez artistas plásticos mostram sua técnica e sensibilidade na customização das esculturas, que reproduzem um dos mais famosos símbolos de Santos.

“Há artistas novos e outros há muito tempo na estrada”, comentou o designer e cenógrafo Mauriomar Cid, idealizador do projeto Muretas na Cidade, em parceria com a Setur (Secretaria de Turismo). O apoio institucional é do restaurante Hiná Fish e Lounge e da Cervejaria Burgman.

Antes de efetuar o convite aos artistas plásticos para a iniciativa, que integra a programação da Primavera Criativa, ele observou trabalhos durante meses, inclusive alguns de pequenas ­dimensões.

“Gosto de pessoas com arte e estilo bem diferentes, criando uma verdadeira colcha de retalhos, o que desperta mais interesse e garante mais vibração.”

A receptividade do público na primeira edição do projeto motivou o designer a preparar uma nova versão.

“Em 2015, as esculturas ficariam expostas ­apenas um mês, mas permaneceram quase um ano na orla. E mesmo ­assim, quando foram ­retiradas, houve reclamação”, ­afirmou o ­idealizador.