Jundiá assume transporte de Peruíbe por 60 dias

Envelopes, documentos e propostas devem ser entregues no dia 5 de maio. Empresa entra no lugar da Estrela Maior que deixou de operar na terça-feira e absorve antigos funcionários

Comentar
Compartilhar
16 ABR 201510h53

A população de Peruíbe voltou a contar com transporte coletivo na tarde de ontem (15). A empresa Jundiá assumiu o controle dos ônibus no Município, por meio de um contrato emergencial de 60 dias.

A Cidade tinha ficado sem o transporte público desde às 18h da última terça-feira (14), quando a companhia Estrela Maior, que estava responsável pelo serviço há 10 meses, decidiu que não havia possibilidade de continuar os trabalhos.

Segundo o Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários de Santos e Região (Sindrod), a substituição da empresa foi decidida no início da madrugada de ontem. No entanto, os ônibus ainda não circulavam pela manhã. Isso porque os funcionários da Estrela Maior foram absorvidos pela Jundiá e precisavam passar por exames médicos de admissão.A nova prestadora de serviços contratou motoristas, cobradores, pessoal de manutenção e administrativo da antiga empresa.

Ônibus ficaram sem circular até as 15 horas de ontem (Foto: Luiz Torres/DL)

O Sindrod garantiu que a direção da Estrela Maior se comprometeu em pagar as rescisões de contrato de trabalho dentro dos prazos legais e determinados pelo acordo coletivo.
A frota de ônibus de Peruíbe conta com 14 veículos, além dos reservas. Mesmo com a troca de empresa, a Prefeitura de Peruíbe ressalta que a tarifa será mantida R$ 1,70.

Nova licitação

A Prefeitura de Peruíbe rescindiu com Intersul, antiga empresa responsável pelo transporte público municipal, em julho de 2014. Desde então, os serviços foram realizados por contratos de emergência. Uma nova licitação foi aberta e os envelopes, documentos e propostas devem ser entregues no dia 5 de maio.