Guarujá aprova construção de duas creches junto ao Ministério da Educação

O projeto foi aprovado e o Município aguardará a abertura do orçamento do Governo Federal.

Comentar
Compartilhar
02 FEV 201313h54

A Prefeitura de Guarujá conquistou a aprovação de duas unidades de creche junto ao Ministério da Educação (MEC). A notícia foi recebida pela prefeita Maria Antonieta de Brito e a secretária municipal de Educação, Priscilla Bonini, durante o Encontro Nacional de Prefeitos e Prefeitas – Municípios Fortes, Brasil Sustentável, na terça-feira (29), em Brasília.

Os equipamentos educacionais serão implantados no Perequê e Vila Lígia. O projeto foi aprovado e o Município aguardará a abertura do orçamento do Governo Federal, a partir de março, para o recebimento dos recursos e abertura de licitação para as obras. O projeto de construção das unidades foi encaminhado à União pela Prefeitura de Guarujá.

Para a secretária, que participou do painel “Políticas de Educação (Creches, Pacto pela alfabetização na idade certa, Educação Integral, Caminho da Escola, Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), Programa de Apoio à Formação Superior em Licenciatura em Educação do Campo (Pronacampo), Quadras Poliesportivas, Prova Brasil e Ideb)”, conduzido pelo ministro Aloízio Mercadante, a oportunidade foi de extrema importância para a Cidade.

“Estou muito animada porque foi muito produtivo. Guarujá participou de todos os painéis e nosso trabalho tem sido muito elogiado. Guarujá está cadastrado em todos os programas do Ministério”, resumiu Priscilla.

A notícia foi recebida durante o Encontro Nacional de Prefeitos e Prefeitas – Municípios Fortes, Brasil Sustentável(Foto: Divulgação)

Brasil Carinhoso

O Município conquistou ainda R$ 250.762 do programa federal “Brasil Carinhoso”, que será destinado à política de Educação. Guarujá foi contemplado por cumprir os critérios estabelecidos pelo MEC e a secretária aponta que os recursos serão investidos em material pedagógico e ônibus escolares para o transporte dos alunos das creches.

O Município recebeu a verba referente à transferência de recursos financeiros aos municípios a título de apoio financeiro suplementar à manutenção e ao desenvolvimento da educação infantil para o atendimento de crianças de zero a 48 meses informadas no Censo Escolar da Educação Básica, cujas famílias sejam beneficiárias do Programa Bolsa Família, em creches públicas ou conveniadas com o poder público, nos exercícios de 2012 e 2013.