Formação de craques é tema do 4º Bate-Bola no Museu Pelé

Velha guarda se reúne para discutir o Brasil como um celeiro de craques. O jornalista e apresentador Paulo Schiff mediará a conversa

Comentar
Compartilhar
23 FEV 201515h15

A formação de novos talentos no futebol é o tema da 4ª edição do Bate-Bola, que volta na próxima quinta-feira, dia 26 de fevereiro, no Museu Pelé, em Santos (SP). A partir das 19 horas, ex-jogadores participarão do debate “O Brasil ainda é um celeiro de craques?”.

Os convidados para o Bate-Bola são os ex-jogadores do Santos Aguinaldo Moreira, Lima e Edu, além da participação de Eloy, ex-Portuguesa de Desportos. O jornalista e apresentador Paulo Schiff mediará a conversa.

O evento é aberto ao público e os interessados em participar do Bate-bola devem retirar os ingressos gratuitamente na bilheteria do Museu Pelé. Os bilhetes são limitados e cada pessoa pode retirar apenas uma unidade até o dia do evento. O horário de funcionamento da bilheteria é das 10 às 17 horas.

O Museu Pelé fica no Largo Marquês de Monte Alegre, sem número, Valongo, Santos/SP (Foto: Matheus Tagé/DL)