Família britânica é presa sob suspeita de tentar se juntar ao Estado Islâmico

Asif Malik e Sara Kiran foram presos em um hotel em Ancara, disse uma fonte. Os quatro filhos também foram levados sob custódia. A família deverá ser deportada

Comentar
Compartilhar
20 ABR 201516h14

A polícia turca prendeu um casal britânico que desapareceu com quatro filhos sob suspeita de ter deixado a Inglaterra em direção a Síria, onde tentaria se juntar ao grupo Estado Islâmico.

Asif Malik e Sara Kiran foram presos em um hotel em Ancara, disse uma fonte. Os quatro filhos também foram levados sob custódia. A família deverá ser deportada.

As crianças tinham entre 12 meses e 7 anos de idade. No domingo, a polícia britânica e a família de Malik fizeram um apelo para obter informações sobre o grupo que deixou a Inglaterra no início de abril. A família disse que eles haviam deixado o Reino Unido sem qualquer aviso prévio. A polícia britânica disse que Malik tinha manifestado interesse em viver em um país muçulmano.

As autoridades britânicas haviam dito que não havia nenhuma indicação de que a família estava lutando na Síria e não ficou claro se eles eram favoráveis ao grupo Estado Islâmico ou o presidente sírio, Bashar al-Assad. Mas o oficial turco disse que as autoridades acreditam que a família estava procurando ir ao território controlado pelo Estado Islâmico.