Etanol sobe quase 13% em um ano com reajuste da gasolina

O Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada destaca, em nota, que "agentes de usinas têm conseguido manter as ofertas a preços maiores"

Comentar
Compartilhar
10 DEZ 201315h49

O reajuste da gasolina e o início do período de entressafra da cana-de-açúcar puxaram os preços do etanol nas usinas de São Paulo na semana passada. Conforme o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea/Esalq/USP), o litro do hidratado atingiu uma média de R$ 1,2857 (sem impostos), valor 12,7% superior, em termos nominais, ao observado em igual período de 2012 (R$ 1,1410). Já o litro do anidro apresenta valorização de 6% na mesma base de comparação, passando de R$ 1,3533 para R$ 1,4351.

O centro de estudos destaca, em nota, que "agentes de usinas têm conseguido manter as ofertas a preços maiores". "A demanda, porém, esteve um pouco menor na semana passada, com as compras ocorrendo de forma pontual. Além disso, parte das distribuidoras optou por se abastecer antecipadamente. O fluxo de etanol de outros Estados da Região Centro-Sul para São Paulo também vem diminuindo".

A semana passada foi a quinta consecutiva de aumento para o hidratado no mercado spot paulista. No caso do anidro, foi o quarto período seguido de alta. Desde novembro, hidratado e anidro acumulam valorizações de 10,6% e de 6,8%, respectivamente.

O reajuste da gasolina e o início do período de entressafra da cana-de-açúcar puxaram os preços do etanol nas usinas de São Paulo na semana passada (Foto: Divulgação)