Aposentados fazem protesto contra o aumento do plano de saúde

O sindicato dos metalúrgicos obteve uma liminar que reduzia o percentual para 6,91%, entretante, recentemente, por meio de outra decisão judicial, o benefício acabou sofrendo reajusta de 29,4%

Comentar
Compartilhar
10 DEZ 201314h30

Um protesto dos aposentados da Usiminas, de Cubatão, foi realizado na manhã desta terça-feira (10), na Avenida Ana Costa, em Santos. Os manifestantes se reuniram em frente ao escritório da empresa que administra os planos de saúde, já que, o principal motivo é o reajuste de mais de 50% no plano dos pensionistas.

O sindicato dos metalúrgicos da região, no início deste ano, obteve uma liminar que reduzia o percentual para 6,91%, entretante, recentemente, por meio de outra decisão judicial, o benefício acabou sofrendo reajusta de 29,4%.

Um protesto dos aposentados da Usiminas, de Cubatão, foi realizado na manhã desta terça-feira (10), na Avenida Ana Costa, em Santos (Foto: Matheus Tagé/DL)