Desfiles das escolas de samba e blocos de arrasto animarão Carnaval de Itanhaém

A “Avenida do Samba” será a Nova Orla da Praia, no Centro, e os blocos agitarão os foliões pelos bairros. A programação tem início dia 13 (sexta-feira) e encerra no dia 17 (terça-feira)

Comentar
Compartilhar
08 FEV 201514h50

Muita diversão e samba marcarão o Carnaval de Itanhaém. Para que todos possam aproveitar o período de festa, a Cidade preparou uma ampla programação com desfiles de escolas e blocos que irão contagiar a todos. A “Avenida do Samba” será a Nova Orla da Praia, no Centro, e os blocos agitarão os foliões pelos bairros. A programação tem início dia 13 (sexta-feira) e encerra no dia 17 (terça-feira).

Os carnavalescos irão surpreender a galera com o colorido das fantasias, o som da bateria e o samba no pé. A escola Praião desfilará com o samba-enredo “Lendas, Contos e Magias”. A Libertação se apresentará ao som da composição “Um Grito de Alerta”, mostrando a importância de preservar a natureza. Com a canção “Na Paixão de Voar, o Oásis Vai Decolar”, a escola de samba Acadêmicos do Oásis cantará uma música relatando o Aeroporto Antonio Ribeiro Nogueira Júnior, de Itanhaém.

Para conscientizar sobre a falta de água, a escola Explosão da Cesp entrará na Avenida do Samba tocando “Água, Essência da Vida”. A Escola Unidos do Gaivota também animará o público e desfilará com a música “Recordar é Viver – O Gaivota Vem Recordar na Avenida Brincadeiras Que Não Voltam Mais”, cujo samba-enredo irá comparar a infância de hoje com a de antigamente, antes do avanço tecnológico, como a Internet.  Não haverá competição entre as escolas.

Muita diversão e samba marcarão o Carnaval de Itanhaém (Foto: Divulgação)

O Carnaval nos Bairros contagiarão a galera com o trio, marchinhas, abadas, bateria e muita animação. Os blocos 3° Idade, Associação de Pais e Amigos de Excepcionais de Itanhaém (Apae), Bartira, América e Levianu’s farão todos festejarem com muita música. A União dos Amigos Independentes (UAI), que está comemorando 10 anos, saíra com o grito “Só Quem É”, e a Escola Rio Preto, que completa 20 anos, apresentará o enredo “Quem Não Tem Cão, Caça com Gato”.

A Marechal Rondon cantará “A Marechal é Cultura, o Gabinete de Leitura”, já o Sapão (Acadêmicos do Sion) sambará ao som da canção “A Falta de Água, Uma Real Necessidade Que Virou Realidade”. O bloco Unidos do Guapurá apresentará o enredo “Sou Boêmio, Sou do Samba, Sou Seu Zé e Eu Sou Bamba”. As Virgens do Tupi, além de bloco, promoverá um concurso de fantasia infantil e elegerá um homem para ser a “rainha” das Virgens do Tupi.

Os desfiles terão início no começo da Avenida do Samba (Orla da Praia do Centro) e finalização no Quiosque do Praião. Já os blocos percorrem o Centro, Nova Cabuçu, Gaivota, Guapurá, Jardim América, Tupi, Guapiranga e Umuarama. 

Colunas

Contraponto