Banner gripe

Coreia do Sul eleva alerta depois de lançamentos de mísseis da Coreia do Norte

Os mísseis foram lançados em um intervalo de 50 minutos, percorrendo uma distância de 200 quilômetros antes de cair no mar do Japão

Comentar
Compartilhar
09 FEV 201510h51

O Exército da Coreia do Sul elevou hoje (9) o alerta depois de a Coreia do Norte ter lançado ao mar no domingo (8) cinco mísseis de curto alcance, em uma ação que aumentou o foco de tensão militar entre os dois vizinhos.

As forças armadas sul-coreanas “reforçaram o estado de alerta e a vigilância dos movimentos militares do Norte”, disse um porta-voz do Ministério da Defesa de Seul.

Nesse domingo (8), a Coreia do Norte lançou a partir de Wonsan, no Sudeste do país, perto da fronteira com o Sul, cinco mísseis táticos de curto alcance, revelou o porta-voz.

Os mísseis foram lançados em um intervalo de 50 minutos, percorrendo uma distância de 200 quilômetros antes de cair no mar do Japão.

O lançamento de domingo foi o segundo do ano, depois de, na sexta-feira (6), sob a supervisão do líder Kim Jong-un, a Coreia do Norte ter feito um primeiro ensaio.

O lançamento dos projéteis contribuiu para elevar a tensão entre as Coreias quando se espera, para março, a realização conjunta, entre a Coreia do Sul e os Estados Unidos, de mais uma série de grandes manobras militares.

As manobras conjuntas de Seul e Washington são consideradas pela Coreia do Norte um ensaio da invasão a seu país, às quais Pyongyang responde com ameaças de novos testes de mísseis.

Os Estados Unidos têm 28.500 militares deslocados na Coreia do Sul, país com quem realiza vários exercícios militares anuais e com o qual está comprometido na defesa em caso de ataque da Coreia do Norte.

As duas Coreias estão tecnicamente em guerra depois do conflito na península – entre 1950 e 1953 – ter terminado com um cessar-fogo e não com um tratado de paz.

Colunas

Contraponto